Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Leonel Messi apoia candidatura

05 de Setembro, 2013

Messi respondeu positivamente à campanha de candidatura da cidade de Madrid

O atacante argentino do Barcelona, Lionel Messi, manifestou apoio à cidade de Madrid, capital da Espanha, na disputa pela sede dos Jogos Olímpicos de 2020. Quatro dias antes dos integrantes do Comité Olímpico Internacional (COI) se reunirem em Buenos Aires, na Argentina, para escolher entre a capital espanhola, Istambul (Turquia) e Tóquio (Japão), Lionel Messi disse que seria positivo que Madrid ganhasse, dado o sucesso recente da Espanha em vários desportos.

O atacante eleito o melhor jogador do Mundo nos últimos quatro anos disse que não sabia se o seu apoio ajudaria Madrid na disputa pela escolha. O craque vestia uma camisa com o logotipo de Madrid, num vídeo divulgado pelas autoridades da candidatura espanhola. O jogador de 26 anos, que mora em Barcelona há mais de uma década, acrescentou que seria importante para Madrid sediar os Jogos. Ele participou nos Jogos Olímpicos “e é uma experiência fantástica para qualquer atleta”. Lionel Messi prevê que Madrid tem uma boa oportunidade.

Lionel Messi tem contrato com Turkish Airlines, um dos principais apoiantes da candidatura de Istambul e aparece em anúncios actualmente em exibição em Buenos Aires, capital da Argentina, a promover os serviços da companhia aérea para a América Latina. Alguns órgãos de comunicação social sugeriram que ele optou por não promover a candidatura de Madrid aos Jogos Olímpicos por causa do seu envolvimento com a companhia aérea, o que foi rebatido pelo presidente do Comité Olímpico Espanhol (COE), Alejandro Blanco.

O responsável assegurou, após uma reunião com o craque do Barcelona em Buenos Aires, na sede da Federação Argentina de Futebol, que Lionel Messi nunca se recusou a apoiar a candidatura de Madrid. Alejandro Blanco esclareceu que houve um problema de calendário, porque Lionel Messi se encontrava em treinos. Portanto, foi uma “grande honra” para a Espanha, em especial Madrid, ter o seu apoio.

POLIDESPORTO
Maggi defende investimento nas escolas


A campeã olímpica Maurren Maggi defende que o investimento no desporto deve começar nas escolas. A saltadora ressaltou que, para a formação de atletas, é necessário que haja incentivos na base, quando o jovem(a) atleta ainda está na escola e deve despertar o interesse por alguma modalidade desportiva.

Maurren Maggi começou a praticar na escola e é a favor que o desporto seja obrigatório para os estudantes e não deve restringir-se apenas às aulas de educação física. A campeã justifica que o desporto deve ser “obrigatório nas escolas”, porque “é uma questão de qualidade de vida, saúde e ajuda na coordenação motora”.

Falando no Arena Sportv, Maurren Maggi relembrou que começou nas escolas e tinha bolsa para praticar desporto. Para a sua “infelicidade”, as bolsas fazem parte do passado. A brasileira ressaltou que os jovens precisam de incentivo para iniciar a carreira desportiva e a bolsa, em qualquer desporto, obriga o estudante a empenhar-se mais. No seu tempo, recordou, praticava todas as modalidades.

Os brasileiros começam muito tarde a prática do desporto, o que dificulta o desenvolvimento do atleta, segundo a saltadora. O Brasil sofre hoje nas competições internacionais, porque não tem “crianças lapidadas”, pois os atletas começam com 19 ou 20 anos de idade.

Maurren Maggi revelou que o “incentivo financeiro do governo aos atletas” auxilia bastante as famílias, proporcionando um equilíbrio muito forte na relação entre o desporto e os parentes. Essa situação permite que os atletas contemplados atinjam altos níveis de performances no desporto de alto rendimento.