Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lesão afasta Wawrinka

07 de Agosto, 2017

Novak Djokovic, que se recupera de lesão no ombro direito, também não joga mais em 2017.

Fotografia: AFP

Stanislas Wawrinka está fora do US Open. O suíço não vai defender o seu título no Grand Slam norte-americano por conta de uma lesão no joelho esquerdo. O anúncio foi feito pelo próprio tenista por meio da sua conta pessoal no Facebook.

\"Estou triste por anunciar que, após falar com minha equipa e o meu técnico, tive de tomar a difícil decisão de passar por intervenção médica no meu joelho. Era a única solução para me certificar de que poderei competir em alto nível por muito mais tempo\", postou Wawrinka, campeão do US Open no ano passado.

\"Estou extremamente decepcionado, mas também a olhar para a frente e planear a minha recuperação. Amo esse desporto e vou trabalhar duro para voltar para o meu mais alto nível e jogar por muito mais tempo. Quero também aproveitar a oportunidade para agradecer aos meus fãs por mandarem muitas mensagens de apoio durante os últimos dias. Vejo-vos de novo em 2018\", completou.
Assim, Wawrinka é o segundo top que desfalca o US Open. Novak Djokovic, que se recupera de lesão no ombro direito, também não joga mais em 2017.

MURRAY DESISTE
DE MASTERS 1000


Número 1 do mundo, o escocês Andy Murray não vai disputar o Masters 1000 de Montreal, segundo as informações dos organizadores por causa de uma lesão no quadril. \"Estou triste por precisar sair do torneio de Montreal. Estou a fazer de tudo para voltar a jogar o quanto antes\", indicou Murray. O britânico não entra na quadra desde a derrota nos quartos de final de Wimbledon.

O croata Marin Cilic também vai sair de cena por lesão. Os desfalques abrem caminho para o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer. O sérvio Novak Djokovic, fora do resto da época por lesão no cotovelo, também não vai participar da competição. As ausências colocam o alemão Alexander Zverev e o austríaco Dominic Thiem, jovens da nova geração, na terceira e quarta posição de cabeças de série, segundo os organizadores. No quadro feminino, a russa Maria Sharapova vai ficar de fora por dores no braço esquerdo, que a tiraram do torneio de Stanford.