Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Levine "afunda" mais

16 de Fevereiro, 2015

Grandes estrelas têm evoluído na NBA e houve surpresas nos concursos disputados no passado sábado

Fotografia: AFP

O "rookie" Zach LeVine venceu no sábado o concurso de afundanços do Jogo das Estrelas da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), com Stephen Curry a triunfar na prova de triplos.Aos 19 anos, o jogador dos Minnesota Timberwolves, que se estreia este ano na liga, tornou-se no segundo jogador mais jovem a vencer o concurso de afundanços, apenas batido por Kobe Bryant (Los Angeles Lakers), que venceu a prova com 18 anos em 1997.

Em Brooklyn, Nova Iorque, o jovem base entrou da melhor forma no concurso, com um afundanço em que fez a bola passar por entre as pernas no ar e afundar de costas, que recebeu os dez pontos máximos de todos os cinco juízes.Na final, LaVine venceu Victor Oladipo (Orlando Magic), um jogador de segundo ano, tal como Mason Plumlee (Brooklyn Nets) e o grego Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks), eliminados na primeira ronda.

Contudo, o concurso mais aguardado da noite era o dos lançamentos triplos, no qual competiam oito dos melhores lançadores da NBA, num dos melhores "quadros" de sempre nesta prova.Depois de ter falhado em anos anteriores a conquista deste concurso, Stephen Curry (Golden State Warriors) venceu finalmente, com um recorde de 27 pontos e com 13 "tiros" consecutivos na final.

Na ronda decisiva, Curry, que tem o recorde de triplos numa só fase regular, bateu o companheiro de equipa Klay Thompson e Kyrie Irving, dos Cleveland Cavaliers, vencedor em 2013.Wesley Matthews (Portland Trail Blazzers), Kyle Korver (Atlanta Hawks), J.J. Redick (Los Angeles Clippers) e Marco Belinelli (San Antonio Spurs), o campeão em título, e James Harden (Houston Rockets), actual melhor marcador da NBA, foram eliminados nas primeiras rondas.

Noutro concurso da segunda noite do fim-de-semana do All-Star da NBA, Patrick Beverley (Houston Rockets) venceu o "skills challenge", uma prova de técnica.A equipa Chris Bosh (Miami Heat), Swin Cash (jogadora da liga feminina) e do reformado Dominique Wilkins conquistou pela terceira vez consecutiva o "shooting stars", prova com quatro lançamentos de zonas diferentes do campo, o últimos dos quais do meio-campo.

BASQUETEBOL
Lindsay Gaze no "Hall of Fame"


O australiano Lindsay Gaze, que participou sete vezes nos Jogos Olímpicos como atleta e treinador, entrou este sábado, juntamente com outras quatro personalidades, no "Hall of Fame" do basquetebol.Lindsay Gaze, de 78 anos, jogou pela Austrália nos Jogos Olímpicos de 1960, 1964 e 1968 e treinou a selecção olímpica australiana em 1972, 1976, 1980 e 1984.Além de Gaze, fazem agora parte do "Hall of Fame" da modalidade o antigo jogador Louis Dampier, a "estrela" dos anos 1940 John Issacs, o antigo treinador universitário George Raveling e o ex-treinador da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) Tom Heinsohn.

Heinsohn, emblemático treinador dos Boston Celtics, torna-se assim no quarto homem a entrar no "Corredor da Fama" em duas ocasiões, primeiro como jogador (1986) e agora como técnico.Aos cinco novos elementos da elite do basquetebol podem juntar-se mais personalidades, já que também hoje foram nomeados 12 finalistas, referentes à era moderna da modalidade nos Estados Unidos.O elenco de finalistas, que a 11 de Setembro podem entrar no "Hall of Fame" como o grupo de 2015, incluiu o congolês DikembeMutombo, oito vezes nomeado para o All-Star da NBA, o norte-americano Jo Jo White, sete vezes All-Star, e os anteriores finalistas Tim Hardaway, Kevin Johnson e Spencer Haywood.Os finalistas precisam de 18 dos 24 votos do comité de selecção para entrarem no "Hall of Fame". Os resultados da votação são anunciados a 6 de Abril.