Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lewis Hamilton considera melhor o carro para poca 2018

03 de Março, 2018

Na quinta -feira Hamilton completou 69 voltas somou 94 na presente semana

Fotografia: AFP

O piloto Lewis Hamilton registou o melhor tempo na quinta-feira, 1min19s333 durante a tarde em Barcelona, que fez dele o mais rápido da semana, ao compensar o tempo perdido na pista devido ao mau tempo. Em declarações sobre as primeiras impressões do W09, Hamilton disse que enquanto o novo asfalto de Barcelona não permitir, não faz comparações directas em relação ao ano passado, ele não teve dúvidas de que o equipamento de 2018 é mais rápido.
\"É uma evolução do carro, temos melhores pneus e particularmente aqui temos uma nova superfície. As coisas parecem ainda melhores do que realmente são. Até agora, foi muito bom. Normalmente, não sou alguém que gosta de testar, hoje na verdade  estava ansioso por sair, porque não tivemos muitas voltas. É difícil dizer se o carro é muito melhor. Na próxima semana teremos uma melhor compreensão.
Definitivamente, sinto um carro mais rápido em comparação ao do ano anterior, então, isso é positivo.\"
Na quinta-feira, Hamilton completou 69 voltas, somou 94 nesta semana,  disse que não estava preocupado por ter  tão pouco tempo de pista. \"As pessoas perguntam-me quantas voltas faria normalmente até hoje,  obviamente, nos últimos dois anos foram 300 pelo menos. Obviamente, hoje eu comecei com 25 voltas (concluídas). É o que é, e não acho que alguém tenha mais tempo na pista do que eu.”
Por sua vez, o MCL33 da McLaren sofreu danos no escape, depois de um parafuso se soltar do carro de Stoffel Vandoorne, que levou a um longo período de tempo de inactividade na  terça-feira. Entretanto, na quinta -feira  o carro teve um problema diferente com altas temperaturas na parte traseira que danificou a carroçaria, devido a um buraco num escudo térmico, embora, fosse cosmético e sem perda de tempo.
Porém, o carro continuou a correr com a mesma cobertura do motor, devido à falta da peça de substituição. \"Foi um estúpido parafuso que quebrou o escape. Então, foi um problema de  2 libras que nos custou muito tempo de pista, porque tudo foi queimado depois na parte de trás do carro, então, tivemos de reconstruir a caixa de substituição e a traseira.” \", disse Boullier, sobre o primeiro problema.
Apesar da questão, o clima permitiu que a equipa fizesse um bom progresso com o carro de hoje. \"Finalmente, livramo-nos  do mau tempo e das falhas mecânicas no carro para  continuar o nosso programa. Obviamente, ajustamos o nosso programa para dar algumas prioridades a alguns itens, hoje estamos a começar a reunir os dados sobre a aerodinâmica, e até mesmo a trabalhar com algumas mudanças mecânicas.”

PILOTO
Hamilton destaca
Roger Federer

Depois de ter um excelente desempenho no primeiro compilado de testes para a próxima temporada, Lewis Hamilton mostrou mais uma vez estar confiante em conquistar o seu quinto título na modalidade. O britânico falou da sua preparação e citou um dos maiores atletas de todos os tempos, mas desta vez, não da Fórmula 1.
\"Tenho a certeza de que se  perguntar ao Federer, ele vai acreditar que se for treinado com força e sentir-se bem com isso, não há ninguém que possa vencê-lo ou evitar que  alcance os seus objectivos”, afirmou o actual campeão da modalidade.
“Se eu me preparar do melhor jeito possível e estiver tão apto quanto o possível, terei ainda mais energias e com certeza estarei a sentir-me saudável. Se eu tiver a abordagem certa, enquanto estiver a trabalhar duro, então, realmente acredito que não terei problemas para fazer o meu melhor durante a próxima temporada”, destacou Hamilton.
O britânico também aproveitou para “provocar” o seu principal rival, Sebastian Vettel, actualmente na Ferrari. “Eu quero que Vettel esteja no seu melhor nesta temporada, porque assim é mais doloroso para eles, quando você for mais rápido. É para isso que você trabalha . Eu não me preparo e espero que o meu adversário tenha problemas para que eu possa superá-lo”.
Na temporada passada, Hamilton teve um de seus melhores desempenhos na carreira e conquistou o quarto título da modalidade, igualou a marca do rival alemão. Foram impressionantes nove vitórias, além de chegar quatro vezes na segunda colocação, totalizou incríveis 13 pódios no ano de 2017.