Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lewis Hamilton fala sobre a rixa com Rosberg

19 de Dezembro, 2015

O britânico falou à respeito da rixa, de acordo com o site Autosport.

Fotografia: AFP

A época regular da Fórmula 1 chegou ao fim, com o tricampeonato de Lewis Hamilton e o segundo lugar de Nico Rosberg. Entretanto, a rivalidade entre ambos chama mais a atenção. O britânico falou à respeito da rixa, de acordo com o site Autosport. Além dele, quem também comentou o assunto foi Alain Prost, que protagonizou uma das maiores rivalidades da história com o brasileiro Ayrton Senna.

Nas temporadas de 2014 e de 2015, a disputa pelo título da F1 foi entre os dois pilotos da Mercedes, e nas duas oportunidades, o britânico sagrou-se campeão. Todavia, foi neste ano que a relação entre eles começou a soltar faíscas. Para o Hamilton tal acção é benéfica para o desporto.

“Isso (a rivalidade com Rosberg) é saudável para o desporto. Nós temos uma óptima energia dentro da equipa. Eu não acredito que isso seja negativo”, revelou Lewis.

O tricampeão ainda demonstrou que toda a especulação à respeito de que os problemas entre os dois possam afectar o relacionamento dentro da Mercedes não são tão fortes.

“É uma coisa natural em qualquer ambiente. Nós somos uma equipa vencedora,  queremos que a Mercedes continue na frente o tempo todo. Não há nada que não possamos fazer juntos. Não há problemas”, declarou o britânico.

Apesar de parecer uma situação tranquila, Toto Wolff, um dos donos da equipa e Niki Lauda, presidente não -executivo, pediram ajuda a Alain Prost que  mostrou-se tranquilo em relação à rivalidade actual.

“Eles pediram-me conselho na última temporada, mas eu acho que eles têm essa difícil situação sob comando. Embora não deva ficar fora de controlo", disse ao jornal alemão Bild.

Alain Prost, que conquistou o título da Fórmula 1 em três oportunidades, ainda elogiou Rosberg e Hamilton.

"O que ele (Rosberg) mostrou no final da temporada foi extraordinariamente bom. O problema para Nico é que o Lewis não é fácil de calcular. Ele é um verdadeiro piloto e sabe instintivamente quando precisa e não precisa de ser agressivo. Ele sabe todos os jogos, dentro do cockpit e fora", finalizou.

A temporada 2016 da categoria vai ter um record de corridas, com 21 Grandes Prémios. O início é no dia 20 de Março, com o GP da Austrália.