Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lewis Hamilton triunfa vence Grande Prémio da Alemanha

01 de Agosto, 2016

Lewis Hamilton venceu o Grande Prémio da Alemanha

O britânico Lewis Hamilton venceu ontem o Grande Prémio da Alemanha de fórmula 1 e reforçou a liderança no Mundial de pilotos.

A festa nas arquibancadas de Hockenheim estava preparada para o alemão Nico Rosberg, mas os adeptos locais tiveram que ver o maior rival do piloto da casa no alto do pódio do GP da Alemanha de Fórmula 1. Lewis Hamilton dominou toda a prova de ontem, contou com erros e problemas do anfitrião e venceu a corrida para disparar na liderança do Mundial.

Hamilton "roubou" a primeira posição a Rosberg logo na largada e não foi mais incomodado. Contou com os carros da Red Bull para limitar o ritmo do seu companheiro na equipa Mercedes e com uma punição ao alemão por uma manobra agressiva de ultrapassagem. Recebeu a bandeira quadriculada e subiu ao pódio acompanhado por Daniel Ricciardo, na segunda posição, e Max Verstappen, em terceiro lugar, enquanto Rosberg foi o quarto classificado.

Sebastian Vettel ficou em quinto, seguido por Kimi Raikkonen, Nico Hulkenberg, Jenson Button, Valtteri Bottas e Sergio Pérez. Os brasileiros tiveram mais um fim de semana complicado. Felipe Massa foi tocado na largada, perdeu desempenho, posições e abandonou. Felipe Nasr também desistiu a seis voltas do fim.

Foi a sexta vitória de Hamilton nas últimas sete corridas do Mundial. Desde o GP de Mónaco, no dia 29 de Maio, o piloto só não subiu ao lugar mais alto do pódio em Baku, no Azerbaijão. Com isso, recuperou-se de um início de temporada instável e dominado por Rosberg, vencedor das quatro provas iniciais.O GP da Alemanha foi o último do calendário da Fórmula 1 antes do começo do verão europeu. O campeonato será retomado apenas a 28 de Agosto, com o GP da Bélgica em Spa-Francorchamps.

E Hamilton entra de férias com uma vantagem confortável na liderança do Mundial. O britânico soma 217 pontos contra 198 do alemão.Na prova de ontem, "pole position", Rosberg não arrancou bem na frente dos seus compatriotas e perdeu três posições antes mesmo da primeira curva. Hamilton assumiu a liderança da corrida, seguido pelos carros da Red Bull de Verstappen e Ricciardo, deixando o alemão da Mercedes apenas no quarto posto.

Na primeira posição, Hamilton abria vantagem sobre os seus concorrentes a cada volta, enquanto Rosberg tinha o seu ritmo limitado por Ricciardo. O alemão também sofreu com um pequeno erro da equipa Mercedes na hora de trocar os seus pneus e não conseguiu ganhar nos boxes a posição do australiano.O líder do Mundial parou na 14ª volta e retornou à pista com compostos macios no seu carros, diferentemente de Rosberg, que escolheu pneus supermacios. A Red Bull também adoptou estratégias diferentes para os seus dois pilotos.

Verstappen optou pelos supermacios. Ricciardo, pelos macios. Massa enfrentava problemas com o ritmo da sua Williams e despencava no pelotão, ocupando a 16ª posição no 23º giro.Rosberg voltou aos boxes na 28ª volta para colocar pneus macios, adotando uma estratégia de três paradas, em movimento repetido por Vertstappen já no giro seguinte.

, por outro lado, contou com eficiência da equipe Mercedes até nos boxes, e garantiu sem sustos a vitória em Hockenheim, seguido por Ricciardo, Verstappen e Rosberg. Uma chuva leve atingiu o circuito a cinco voltas do fim, mas não foi o suficiente para mudar a dinâmica da prova.