Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo e Petro hoje no Dream Space

Juscelino da Silva - 27 de Janeiro, 2018

Fortes emoes contagiam hoje os espectadores no pavilho de Viana

Fotografia: M.Machangongo | Edies Novembro

Sport Libolo e Benfica recebe hoje, às 19h00, no Dream Space, no Kikuxi, o Petro de Luanda no jogo de maior cartaz da sexta jornada da segunda volta da fase regular do Unitel Basket 2017-2018. A partida é de diagnóstico difícil e pode levar muito público ao pavilhão de Viana.
Apesar do plantel do Sport  Libolo e Benfica  estar mais dotado de jogadores experientes, como Olímpio  Cipriano, Jakel Foster, Milton Barros, Benvindo Quimbamba, Reggie Moor, Divaldo Bunga, Pedro Bastos e Teotónio, os últimos quatro representaram o emblema tricolor na época passada, Lazaré Adingono diz ter a estratégia bem montada para contrapor o favoritismo do  adversário.
\"Vamos defrontar  uma equipa muito forte e com jogadores  muito experientes, mas estamos prontos para contrariar o favoritismo do nosso adversário\", disse o técnico no final da partida com o 1º de Agosto, em que a sua equipa perdeu por 89-103.
Lazare Adingono assegura que a equipa tricolor cometeu \"muitos erros e deixou o 1º de Agosto distanciar-se no resultado\". Agora, a derrota diante dos militares faz parte do passado e o grupo está pronto para fazer um bom resultado diante dos benfiquistas do Libolo.
O Petro de Luanda não conta hoje com Edmir Lucas. O extremo recupera de uma lesão no tornozelo. Estão disponíveis os jogadores Childe Dundão, Domingos Bonifácio, Leonel Paulo, Rafael Silva, Cley Cabango, Gerson Gonçalves (Lukeny), José António, André Miguel, Sekouba Conde, Olalekan Ajay, Joaquim Pedro (Quinzinho) e Aboubakar Gakou.
Revestido de emoção pela vitória e consequente ascensão ao segundo lugar, ocupado pelo adversário de hoje, Lazaré Adingono está precavido das dificuldades a encontrar no terreno de Raul Duarte.
Noutras partidas da jornada, o Interclube, agora moldado a Necas, recebe o ASA no Arena do Kilamba. No mesmo espaço, o Helmarc defronta a Marinha de Guerra e Vila Clotilde recebe a Universidade Lusíada. No pavilhão Victorino Cunha, o 1º de Agosto joga com Crisgunza de Benguela.