Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Libolo vence torneio infantil

Ant?nio Ribeiro - 12 de Junho, 2017

Talentos existem no Cuanza Sul mas têm de passar por um processo de formação

Fotografia: AFP

A vila de Calulo movimentou em dois dias dezenas de crianças, com a realização da I edição do Torneio de Futebol de Sub-14 \"Libolo Joga Bué\", enquadrado nos festejos dos 123 anos da vila de Calulo, iniciativa da direcção do Recreativo do Libolo com o propósito de formar e incentivar os \"petizes\" para a prática da modalidade.

O Recreativo do Libolo conquistou ontem o torneio, derrotou na final o Fortaleza, por 2-1, no Estádio Municipal de Calulo, em que as duas formações valorizaram o espectáculo. O Libolo entrou melhor no jogo, com os processos bem definidos, mas não concretizava as situações claras de golo. Na única oportunidade criada, a equipa adversária inaugurou o marcador, saiu ao intervalo a vencer, por 1-0, jogo bem disputado e equilibrado.

No reatamento, o Libolo surgiu mais esclarecido e fez dois golos, como resultado levou o troféu para a sua galeria. Antes da final, o Recreativo do Libolo vence por 5-1, o Palmeiras, ao passo que o Fortealeza derrotou por 2-0, o Botafogo. Com a realização da prova, a direcção do Libolo espera que surjam mais equipas que apostem seriamente na formação, não apenas em Calulo, como nos restantes municípios e vilas da província do Cuanza Sul.

Talentos existem na província, mas têm de passar  por um processo de formação. Se este trabalho for desenvolvido a curto e médio prazos, as equipas do Cuanza Sul vão surpreender nos grandes palcos desportivos do país. O \"Libolo Joga Bué\" é um torneio com periodicidade anual.

Nos anos 50 e 60, a vila de Calulo teve renomados clubes, casos do Palmeiras, Fortaleza e Botafogo. Estas equipas fizeram furor nos outros tempos. Os clubes que jogassem em Calulo, dificilmente saíam com os três pontos na bagagem. Em declarações à Rádio Cinco, Rui Campos elogiou a iniciativa e sublinhou, que a aposta no futebol de formação é muito importante no nosso plano de formação.\"As iniciativas motivam os atletas. Muitos desses jogadores podem no futuro integrar a equipa do Libolo e no Girabola.

 Gostei de ver o Botafogo, Palmeiras e Fortaleza são equipas que existiram nos anos 50 e 60,  pretendem ressurgir com a prática do futebol\", salientou o presidente do Recreativo do Libolo, e acrescentou que no próximo ano o Libolo vai aparecer a competir com equipas de Sub-12 nas provas nacionais. \"Estamos a trabalhar nos escalões de formação. Temos muitos talentos e precisam de ser projectados\".