Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Liga Diamante confirmada até 2019

10 de Maio, 2014

Lamine Diack, presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), confirmou esta quinta-feira a continuação até 2019 da Liga Diamante,

Fotografia: AFP

Na reunião da IAAF em Doha, cidade que ontem recebeu a primeira prova deste ano, Diack anunciou que os patrocinadores da prova renovaram por mais cinco anos, uma prova “que representa um activo muito valioso para a IAAF”.

“A Liga Diamante, estabelecida em 2010, teve impacto nos adeptos do atletismo em todo o mundo”, afirmou o presidente da IAAF.

Diack diz que a Liga Diamante é um “produto novo e emocionante para o atletismo de primeiro nível” desde o início da competição, as edições têm sido “magníficas”.

Sobre a edição deste ano, na qual vai participar a portuguesa Patrícia Mamona, o presidente da IAAF está convencido que vai ser “a melhor da história, com mais de 20 campeões e 50 medalhistas em Campeonatos do Mundo e dos Jogos Olímpicos”.


Yago Lamela
encontrado morto


Yago Lamela, considerado o melhor saltador em comprimento da história do atletismo espanhol, foi encontrado morto em casa por volta das 18 horas de quinta-feira.

O atleta de 36 anos, sofria de depressão, mas não existe neste momento qualquer relação entre a morte e os problemas psicológicos que o afectavam, e que o tinham obrigado a internamento em algumas ocasiões.

O saltador asturiano tinha abandonado em 2009, após uma série de lesões que o impediam de competir ao mais alto nível. Isto, depois de ter sido recordista europeu durante uma década com a marca de 8,56 m, registo que o consagrou vice-campeão mundial em 1999.

No ano seguinte ao bronze no Mundial de 2003, em Paris, Yago Lamela sofreu uma lesão grave no tendão de Aquiles que precipitou o fim da carreira.