Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Liverpool e Sevilha na decisão do título

18 de Maio, 2016

Equipa inglesa realizou campeonato modesto mas tem capacidade para travar o adversário de Espanha

Fotografia: AFP

O Sevilha pode tornar-se hoje o primeiro clube a conquistar a Liga Europa de futebol pela terceira vez consecutiva, ao defrontar a equipa do Liverpool que quer igualar o recorde de quatro títulos dos espanhóis.

A segunda prova europeia de clubes, que continua a viver à sombra da Liga dos Campeões, pode valer um lugar europeu na próxima época às duas equipas, que falharam a qualificação via respectivos campeonatos, apesar do Sevilha poder ainda conquistar caso vença o FC Barcelona na final da Taça do Rei.

Além de um título histórico, a vitória no jogo de hoje, no Estádio St. Jakob -Park, na cidade suíça de Basileia, vale a qualificação para a próxima edição da Liga dos Campeões, algo que nem o sétimo classificado da Liga Espanhola, nem o oitavo posicionado da Liga Inglesa vão desdenhar.

O Sevilha parece uma equipa talhada para a prova continental, como bem sabe o Benfica que foi derrotado na final de 2014 no desempate pela marcação de pontapés de grandes penalidades (4-2) pela equipa andaluza, que revalidou o título na temporada passada, ao bater o Dnipro no jogo decisivo, por 3-2.

Campeão em 2006 e 2007, o Sevilha precisou de uma década para  assumir-se como o recordista da competição, com quatro títulos, mais um do que o Liverpool que conquistou os três troféus ainda antes de o Sevilha erguer o primeiro, em 1973, 1976 e 2001, ainda sob a designação de Taça UEFA.

Os espanhóis já reescreveram a história, ao qualificarem-se pela terceira vez seguida para a final, mas caso se tornem também o primeiro tricampeão da prova, conseguem um feito que nenhuma equipa europeia alcança desde 1976, ano em que o Bayern de Munique conquistou o ‘tri’ na Taça dos Campeões Europeus.

As duas equipas vão defrontar-se pela primeira vez nas competições continentais e pela primeira vez uma delas  perde na final da Taça UEFA/Liga Europa, mesmo que o Sevilha só tenha vencido duas das quatro que disputou no desempate por grandes penalidades, uma das quais frente ao Benfica.

O Liverpool, treinado pelo alemão Jürgen Klopp, perdeu um dos 14 jogos que disputou esta época, na primeira mão das meias-finais com o Villarreal (1-0), enquanto o Sevilha, oriundo da ‘Champions’, saiu derrotado em dois dos oito encontros realizados. A equipa inglesa  procura evitar o ‘pleno’ espanhol, já que a Liga dos Campeões é discutida entre os rivais de Madrid (Real e Atlético).