Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lobitangas monopolizam atenes

Silva Cacuti - 15 de Julho, 2017

Drby lobitanga esquenta hoje a Cidadela Desportiva

Fotografia: Jos Cola | Edies Novembro

A quarta jornada do 39º Campeonato Nacional sénior feminino de andebol, que se joga hoje no recinto da Cidadela Desportiva, está a ser marcada por grande expectativa em torno do desafio que opõe as equipas da província de Benguela. Electro do Lobito e Casa do Pessoal do Porto do Lobito descem ao piso do pavilhão principal às 17h00 para o cartaz do dia.

São duas equipas com grande rivalidade naquela região do país. \"Desgostam-se\". Umas e outras toleram cada vez menos a partilha da província e do município e até do bairro 28, onde os laboratórios de cada uma distam cinco minutos a pé, mas não mostram disposição nenhuma em partilhar o estatuto andebolístico.

O 28, de Benguela, é o bairro do andebol angolano, só comparado à Maianga da Banca e 1º de Agosto, no hóquei em patins.  A luta daquele bairro vai ser testemunhada hoje na Cidadela Desportiva.

Teresa Moco, filha do Electro, que já teve passagem pelo ASA, tem a missão mais difícil. A treinadora do Electro do Lobito tem um plantel mais jovem e também é mais jovem no treinamento que Eugénio Nunes \"Cuca\", o seu \"inimigo de estimação\" que orienta a rival CPPL. Moco cumpre o primeiro ano como treinadora principal na equipa.

Os dados apontam a Casa Pessoal do Porto do Lobito como favorita. Não só por ter vencido o campeonato provincial de Benguela do ano passado (a prova deste ano ainda decorre), mas também por um investimento maior com a aposta em Honorina Matumona e Janete Manuel (ambas ex-Progresso Sambizanga) que encontraram a sua praia nas terras do flamingo.

As surpresas não se descartam, aliás, recentemente, para a fase provincial da Taça de Angola, as electricistas contrariaram o favoritismo e tiraram as portuárias do caminho. Noutros jogos agendados para o dia, fazem-se as contas antecipadas para adivinhar com quantos golos as imbatíveis tropas de Morten Souback vencem à \"sub-unidade\" da Marinha de Guerra, quando a partir das 18h45 encerrarem a jornada.

A abrir o dia de hostilidades, o Petro de Luanda vai divertir-se diante do ASA. A jovem equipa aviadora, às ordens de Aristides Alberto, tem-se mostrado macia demais. Não se espera que protagonize alguma surpresa diante das comandadas de Vivaldo Eduardo.
Ontem, o campeonato nacional sénior feminino cumpriu dia de folga.