Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lorenzo oferece vitória à Yamaha

15 de Novembro, 2016

Lorenzo cruzou a linha de chegada em primeiro com vantagem sobre Marquez

Fotografia: AFP

Na última corrida pela Yamaha, antes da mudança para a Ducati em 2017, Jorge Lorenzo dominou o GP de Valência realizada no domingo dia 13. O espanhol andou  praticamente sozinho durante toda a prova, só sofreu um ataque de Marc Márquez nos instantes finais. Entretanto, Lorenzo administrou e cruzou a linha de chegada em primeiro, com pouco mais de um segundo de vantagem sobre o compatriota, ainda que sofresse com o desgaste do pneu - dianteiro macio-Márquez optou pelo composto duro.

 “Eu não podia terminar a minha passagem pela Yamaha da maneira melhor,  do que esta", disse Lorenzo. "Sou um afortunado por ter sido capaz de dar este último presente à equipa, que me deu tanto apoio nos anos em que estivemos juntos".“As primeiras voltas foram fantásticas. Tive sorte, com Márquez a ficar atrás nas primeiras voltas, se ele não tivesse perdido tempo atrás de outros pilotos, era bastante complicado vencer, pois ele teve melhor ritmo no fim", afirmou.

“Ele tinha um pneu melhor, porque o lado esquerdo do meu, estava completamente destruído. Eu precisava de acelerar, porque sabia que Marc, em segundo, ia atacar o quanto pudesse", acrescentou.“O problema foi que a partir da segunda metade da prova, o lado esquerdo do pneu traseiro perdeu rendimento. Tive de pilotar com suavidade, e as últimas cinco voltas foram complicadas, especialmente, na última curva - a moto podia ir embora a qualquer momento", completou.

No dia do adeus à Yamaha, Jorge Lorenzo deixa com um gosto doce na boca. De ponta a ponta, o espanhol venceu o GP de Valência, largou na pole, pulou na ponta desde o início. Precisou de controlar a vantagem que criou durante a corrida.Marc Márquez tentou aproximar-se de Lorenzo, mas a distância em relação ao piloto da Yamaha foi o suficiente para cruzar a linha de chegada em primeiro, com o campeão de 2016 a terminar em segundo. Após uma batalha intensa, Valentino Rossi foi derrotado por Andrea Iannone, que completou o pódio. Ao veterano, restou o quarto lugar, com Maverick Viñales a completar o grupo dos cinco primeiros.

A corrida
Como de costume, Lorenzo largou bem e manteve a ponta, com Iannone a pular para segundo e Viñales em terceiro. Rossi desceu para quarto e Márquez foi quem teve a pior largada, desceu para quinto lugar.Enquanto o espanhol seguia confortável na frente, o grupo composto por Iannone, Viñales, Rossi e Márquez lutava pelo segundo lugar. Na curva 14, a 26 voltas do fim, o italiano superou o piloto da Suzuki. Uma volta depois, Márquez também deixou o compatriota para trás.