Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lotus promete revelar substituto de Raikkonen

13 de Novembro, 2013

Kimi Raikkonen ter revelado que o piloto não ia participar das últimas duas etapas do Mundial

Fotografia: AFP

Horas depois de o empresário de Kimi Raikkonen ter revelado que o piloto não ia participar das últimas duas etapas do Mundial de Fórmula 1, a Lotus manifestou-se, e confirmou a ausência nos GP do Brasil e dos Estados Unidos, que acontecem nos dias 17 e 24 do corrente.Raikkonen não tem condições de pilotar nestas duas provas, porque passa por uma cirurgia nas costas, em razão de uma lesão. “A equipa deve fazer um pronunciamento sobre o piloto substituto em breve”, prometeu a Lotus, através de um comunicado oficial divulgado domingo passado.

De saída da Lotus, pois acertou a sua transferência para a Ferrari a partir da próxima temporada, Raikkonen tornou público os problemas com a equipa nas últimas semanas, ao reclamar os atrasos salariais. Isso levantou rumores, inclusive, de que podia boicotar as provas finais do campeonato. Com a ausência no Brasil e nos Estados Unidos, não vai pilotar mais pela escuderia.

Uma possibilidade é que a Lotus promova o seu terceiro piloto, o italiano Davide Valsecchi, de 26 anos, a titular, mas ele ainda não tem experiência em carros de Fórmula 1. Por isso, a hipótese mais comentada é que a equipa vai utilizar o piloto de reserva Jerome d'Ambrosio. O belga de 27 tem 20 GP na carreira e chegou a ocupar o lugar de Romain Grosjean no GP da Itália de 2012, quando o francês ficou suspenso por uma corrida.

Kevin Magnussen  pode substituir Perez

Um ano depois de ter chegado à McLaren, o mexicano Sergio Pérez deve estar de saída da marca britânica, para ser substituído pelo dinamarquês Kevin Magnussen, que este ano conquistou as World Series by Renault 3.5. Quem avança a informação é o portal especializado “Autosport”, a marca sediada em Woking tomou esta decisão mesmo depois de Sergio Pérez ter batido o colega de equipa nos dois últimos Grande Prémios - cinco no total.