Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lourenzo faz contas para pegar Mrquez

11 de Agosto, 2018

Marc Mrquez deixou Dovizioso e Lorenzo a 68 e a 76 pontos do piloto da Honda

Fotografia: Dr

Jorge Lorenzo seguiu seu o companheiro de equipa Andrea Dovizioso, na dobradinha da Ducati em Brno, e os dois são os favoritos pela vitória deste fim-de-semana em Spielberg, uma vez que a Red Bull Ring favorece as motos italianas.
Mas a consistência de Marc Márquez deixou Dovizioso e Lorenzo a 68 e a 76 pontos do piloto da Honda, respectivamente, e Lorenzo não está convencido de que a Ducati possa dar um passo suficiente grande, para superar tal déficit nas nove corridas restantes da temporada.
\"Precisamos ainda de dois ou três décimos, para poder ganhar quatro ou cinco corridas seguidas e recuperar tantos pontos para Marc. Por enquanto, isso é impossível, porque a potência é mais ou menos igual para quase todas as marcas, então, por isso, é difícil.”
Continuando: “Marc é competitivo em todas as pistas, ele não cai muito neste momento. Na MotoGP é MotoGP, tudo é possível, é um desporto perigoso, você pode ter uma lesão, você pode quebrar o motor, mas no momento a diferença de pontos é muito grande e eu não vejo ganhar cinco, seis corridas em sequência.\"
Dovizioso concordou dizendo que a recuperação dos pontos para Márquez é \"muito, muito difícil\", e salientou que a Ducati precisa de mais desempenho, antes de poder pensar no campeonato.

GP DA ÁUSTRIA
Dovizioso domina treinos livres


Embalado pela vitória conquistada na prova anterior, na República Checa, Andrea Dovizioso começou o fim de semana da 11ª corrida da temporada 2018 da MotoGP na frente. Ontem, o italiano da Ducati fez a melhor volta dos treinos livres da etapa da Áustria, disputados no Red Bull Ring, em Spielberg. O melhor tempo da sexta-feira, foi registado por Dovizioso no primeiro treino livre, pois as marcas da segunda sessão acabaram sendo mais lentas do que as da actividade inicial, que foi realizada sob chuva. E quem acabou à frente neste trabalho foi o espanhol Marc Márquez, da Honda, seguido do britânico Scott Redding, da Aprilia Gresini.Na primeira actividade, Dovizioso, que no ano passado venceu a etapa da Áustria, assegurou a melhor volta do dia, ao cravar 1min23s830, sendo o único piloto a conseguir fazer um tempo em menos de 1min24.
, ontem no Red Bull Ring. E ele foi seguido pelo seu companheiro na Ducati, o espanhol Jorge Lorenzo, com 1min24s045.