Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Luanda pode registar recorde mundial

04 de Setembro, 2015

A III edição da Meia-Maratona Cidade de Luanda pode ser marcada pela obtenção de um recorde mundial, caso a queniana Florence Kiplagat, recordista mundial consiga baixar o registo de 1h05m09s, que ostenta desde 16 de Fevereiro do corrente ano. Florence Kiplagat melhorou o registo pessoal que tinha obtido em 2014 e a possibilidade de um novo registo é real.

O percurso da prova de Luanda está certificado pela IAAF, facto que habilita a meia-maratona de Luanda a dar ao mundo os melhores registos da especialidade.
Além de Florence Kiplagat, já no país desde ontem, outros grandes nomes da modalidade estão inscritos e podem propiciar ambiente competitivo que facilite a obtenção de grandes marcas em Luanda.

A prova internacional  de Luanda vai ser apresentada hoje, às 16h00, em conferência de imprensa, marcada para o Hotel Trópico. Grande expectativa gira em torno dos números oficiais que podem ser anunciados, uma vez que a MRD Investiments, entidade organizadora da corrida, perspectiva levar à marginal de Luanda 10 mil corredores e tem havido discrepâncias entre os números pretendidos e os materializados pelas inscrições.

A organização augura a participação de quenianos, etíopes, marroquinos, ucranianos, russos, ugandeses, polacos e portugueses.
A Meia-Maratona Cidade de Luanda vai ser disputada em duas distâncias. A primeira de seis quilómetros, correspondente à mini-maratona das famílias, e a prova principal que tem um percurso de 21 quilómetros. As inscrições para a prova encerram amanhã.

Quanto aos prémios, a prova de Luanda vai oferecer valores monetários do 1º ao 15º classificados da tabela geral. Em função das marcas a serem alcançadas, variam entre 18 mil a 500 dólares norte-americanos.

Uma sub-tabela exclusiva a atletas angolanos define valores em kwanzas de 300, 200 e 100 mil para os três primeiros classificados. Aos atletas paralímpicos estão previstos prémios de 100, 75 e 50 mil kwanzas.

O percurso da Meia Maratona Internacional de Luanda tem partida nas imediações do Ministério do Interior, corre toda a marginal no sentido Ilha de Luanda, faz retorno no ponto final e retorna até próximo da partida, após passar pelo largo do Porto de Luanda.
Depois da São Silvestre, a Meia Maratona coloca o país na rota do atletismo mundial.