Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Luandenses tm rotina

Silva Cacuti - 10 de Março, 2018

1 de Agosto e Petro de Luanda continuam a repartir a hegemonia do andebol feminino

Fotografia: Paulo Mulaza|Edies Novembro

A II edição do Torneio Março Mulher terminou em andebol sénior feminino, e o ciclo de torneios previstos pela Associação Provincial de Andebol (Apal), cujo objectivo é dar rotina aos clubes filiados para o campeonato de Luanda. Os eventos de senhoras começam a 22 de Março, enquanto o de homens joga-se a partir de 23 do corrente.
As equipas femininas jogaram o Memorial Paulo Bunze e o Torneio Março Mulher, enquanto as equipas masculinas tiveram a oportunidade de jogar o Memorial Paulo Bunze e o Torneio da Polícia Nacional.
As equipas chegam à fase final dos campeonatos com rotinas de jogo, nalguns casos, já consolidadas.
Ainda assim, a dicotomia tanto no masculino como no feminino, vai manter-se. O Interclube e o 1º de Agosto ao que tudo indica, continuam a mandar no andebol masculino. Os polícias venceram o Memorial Paulo Bunze, em que os militares não participaram. O 1º de Agosto ficou com os louros do Torneio da Polícia Nacional, em que derrotou o Interclube.
No sector feminino, há expectativa de saber quem vai deixar a linha de equilíbrio.  O 1º de Agosto e o Petro de Luanda voltam a digladiar-se. As militares passearam a classe no Memorial Paulo Bunze, em que as rivais não jogaram e voltaram a passear a classe no \"Março Mulher\", em que se notou esforço das petrolíferas para evitarem a equipa militar.
O Petro de Luanda perdeu na meia-final para o Progresso do Sambizanga, por 29-30, após o prolongamento e assim, ficou afastado da final em que devia defrontar o 1º de Agosto.
O emblema das Forças Armadas Angolanas venceu 24-22, mas não convenceu o Progresso do Sambizanga, na partida da final. Apesar de se ter inscrito na final, é pouco crível que o Progresso se mantenha como ameaça, à realidade bipolar do andebol luandense.
A Casa do Pessoal do Porto do Lobito, uma das convidadas, veio a Luanda mostrar o perfume da sua cidade e ficou com o quarto lugar do \"Março Mulher\", depois da derrota para o Petro de Luanda, no jogo de atribuição do terceiro lugar. A Marinha de Guerra, o Crisgunza de Benguela, Asa e Epal, por esta ordem, completaram a tabela classificativa.