Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lus S Silva em dcimo lugar

Hlder Jeremias - 12 de Maio, 2014

Para o ano, voltamos com o mesmo empenho", disse Pedro Cristina.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O piloto Luís Sá Silva estreou-se ontem com uma classificação modesta, no campeonato Euro Series de GP3, no circuito de Barcelona, em Espanha. Na primeira manga, o angolano ocupou a 16ª posição e, na segunda, a décima posição. Aos comandos do monolugar inglês, Carlin, Luís Sá Silva teve uma prestação aceitável na primeira manga, tendo com conta os níveis técnicos dos adversários.

Com o arranque na 20ª posição e com a pista molhada, em consequência da chuva, o angolano jogou ao ataque contra os adversários directos. Num curto espaço de tempo, ultrapassou quatro carros com muita consistência técnica e terminando na 16ª posição. Na segunda manga, os técnicos da Carlin optaram por pneumáticos slick, em virtude da chuva que caía na pista e a estratégia surtiu efeitos positivos.

Com voltas mais rápidas que a concorrência directa, Luís Sá Silva efectuou ultrapassagens aos cinco carros mais lentos em pouco espaço de tempo. O último carro foi ultrapassado ao cair do pano. Com a classificação, Luís Sá Silva cumpre o objectivo da Carlin: constar no Top 10. Na reacção à prova, o piloto angolano disse ao Jornal dos Desportos que teve uma corrida "muito difícil" e ao mesmo tempo "divertida", pois pôde "atacar e recuperar várias posições".

"O arranque foi dificultado com o excesso de humidade na minha posição de partida, o que me custou a perda de tempo no início, mas parti ao ataque e consegui ultrapassar vários pilotos. Acredito que se tivesse mais uma ou duas voltas, o resultado era melhor", disse Luís Sá Silva.

HÉLDER JEREMIAS

O campeonato angolano de Rali Raid Carr 2014 observa uma pausa de dois meses depois da disputa da "Baja de Quilengues", disputada entre os dias 1 e 3, na província da Huíla, na qual o vencedor da classe de Jipes foi Hugo Carvalho, seguido de Ricardo Cerqueira e Rómulo Branco.

Durante o defeso, os pilotos vão reunir as condições para a disputa das "Duas Horas TT do Longa By Cargo", marcada para os dias 12 e 13 de Julho, no Cuanza Sul, prova co-organizada pela empresa promotora Ekuipa, a Federação Angolana dos Desportos motorizados e o Governo Executivo Provincial.

De acordo com o coordenador do campeonato, Pedro Cristina, o Rali "Baja de Quilengues" foi a prova com maior impacto até agora realizada. Com a presença de 41 pilotos, subdivididos nas classes  M, Q, TT, E1, E2, dos quais apenas 19 chegaram ao final, a competição desbravou 332 quilómetros cronometrados e 180 ligações. Para o responsável, os dados reflectem o nível de desenvolvimento granjeado pelas equipas e pilotos individuais, o que deixa antever competições mais renhidas a partir da quarta jornada.

A pausa vai permitir aos concorrentes criar as condições técnicas, físicas e administrativas para "Duas Horas TT do Longa By Cargo". "Bem hajam as autoridades do município de Quilengues, pois tudo fizeram para que a prova fosse um sucesso. Para o ano, voltamos com o mesmo empenho", disse Pedro Cristina.            
HÉLDER JEREMIAS