Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lus Cuvngua bisa ttulo na Hula

Gaud?ncio Hamelai, no Lubango - 02 de Junho, 2017

Lus Cuvngua atravessa bom momento desportivo

Fotografia: Dombele Bernardo|

A hora de glória chegou a Luís Cuvíngua. Em 96 horas, o fundista do Interclube coleccionou duas vitórias que o fazem melhor atleta de momento. Depois de erguer o troféu, no último sábado, na terceira edição do Grande Prémio Ngola e Coca-Cola, uma prova de 10 quilómetros, na última quarta-feira dominou o Grande Prémio Cidade do Lubango, disputada numa distância de seis quilómetros.

A vitória foi apertada. Luís Cuvíngua superou o colega de equipa David Elias em oito segundos de diferença. O vencedor cronometrou 13min12s81 na prova inserida nas celebrações do 94º aniversário da ascensão de Lubango à categoria de cidade, assinalado a 31 de Maio.

Joaquim Chimane, também do Interclube, estabeleceu 13min38s90 na terceira posição. Na hora de balanço, Luís Cuvíngua assegurou que a trajectória foi \"muita boa\". \"Sinto-me feliz por ganhar a segunda prova em uma semana aqui no Lubango. Isso significa que estou a atravessar um bom momento desportivo\", disse.

O vencedor garantiu que controlou os sinais dos opositores directos, mormente, os colegas de equipa, por ser uma \"corrida rápida\". Para chegar ao título, teve de se empenhar a fundo. \"Durante o percurso, fui obrigado a imprimir um bom ritmo para evitar a ultrapassagem dos meus colegas; são mais velozes neste tipo de competições. Na subida próxima à rotunda do Cine Arco-Íris, enfrentei dificuldades para atingir o topo e descer com facilidade\", esclareceu.

FEMININO

Ernestina Paulino, do Interclube, foi a mais rápida na prova de seis quilómetros. A vencedora registou 15min39s23 à frente da Domingas Tchiaca, do Benfica Petróleos do Lubango (16min44s90), e da Teresa Tchicolile, do 1º de Agosto (17min23s87). A vencedora avaliou que \"foi uma prova rápida e a presença de muitas atletas contribuiu para a competitividade\". Por outro lado, o evento serviu de \"teste pessoal\" para averiguar as performances, visando outras competições.

PARALÍMPICO
Na classe masculina, Silvestre Ngula, da classe T47, foi o mais rápido. Quito Augusto dominou a classe T20. Em feminino, Dofília Leonardo chamou a si o triunfo na classe auditiva.

POPULARES
Armando Azevedo e Maria Mbimbi dominaram as competições da classe popular.Participaram da prova 200 atletas, dos quais 150 são crianças do Projecto Okuhateka e das instituições de ensino público e privado. Os restantes são federados em representação do Benfica do Lubango, Desportivo da Huila, Interclube, Inter Futebol Clube do Lubango, 1º de Agosto, Petro de Luanda, Clube Assessoria de Treinamento Desportivo Manuel Jamba Sport, Ferroviário da Huíla, populares e paralímpicos.

A nota negativa do evento é o incumprimento da hora de largada. A prova estava marcada para as 7h00, mas foi disputada duas horas depois, sob intenso calor. Os atletas queixaram-se das altas temperaturas. O Grande Prémio Cidade de Lubango é uma prova institucionalizada que acontece todos os anos com vista a contribuir na valorização e na massificação do atletismo.

APOSTA CERTA
Associação valoriza
escolas de formação

Ana Isabel está a ganhar a aposta apresentada aos filiados da Associação Provincial de Atletismo da Huíla. Os resultados do programa de actividades do elenco da antiga fundista estão a surtir os efeitos desejados. A formação em curso nos bairros periféricos da cidade do Lubango, comunas, municípios, quer nas escolas públicas quer privadas constitui a prioridade.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, no final do Grande Prémio Cidade de Lubango, a presidente da Associação da Huíla, Ana Isabel, revelou que não estão apostado na elaboração de programa direccionados aos escalões de seniores, porque os clubes huilanos não se revejam nesta categoria de momento. Os atletas desta franja representam os grémios de Luanda.

Para inverter a situação, Ana Isabel disse que procuram potenciar os atletas das escolas de formação para que atinjam os escalões de seniores revestidos com as cores das equipas huilanas. "Estamos a melhorar a nossa organização interna para formarmos os nossos seniores", disse.

Considerou de positiva a participação dos atletas no Grande Prémio Cidade do Lubango. "A presença humana galvanizou até o Administrador Municipal de Lubango, Francisco Barros. O dirigente ficou entusiasmado com o elevado número de atletas. Acredito que estamos a melhorar em cada prova", disse. A dirigente esclareceu que a presença das 150 crianças foi "muito importante" na prova que serve de processo de descoberta de novos talentos.
GH| NO LUBANGO