Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Lus Manuel recuperado da leso

Pedro Futa - 25 de Julho, 2019

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois de estar ausente da prova provincial de Luanda por lesão, devido ao mau estado da pista do Estádio dos Coqueiros, o velocista do Petro de Luanda, Luís Manuel, está recuperado e vai participar do 38º Campeonato Nacional de Pista da categoria sénior no próximo sábado e domingo, no mesmo espaço, em Luanda.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o campeão nacional dos 400 metros barreiras e livres mostrou-se motivado para a revalidação do título.
"Estou totalmente recuperado da lesão no metatarso esquerdo, que me afastou da pista quase seis meses, devido ao péssimo estado do terreno. Felizmente, regresso motivado para revalidar o título", prometeu.  
O campeonato nacional de pista prevê a realização de provas de velocidade, meio-fundo, fundo, salto em altura e comprimento. Tem como director de prova, Orlando Bonifácio.
O chefe dos juízes, Pinto Diogo, disse que apenas as equipas da Huíla e uma de Luanda estão inscritas.
"Até ao momento, temos inscrito o 1º de Agosto e quatro equipas da Huíla, mormente, o Ferroviário, Sport Lubango e Benfica e o estreante Projecto Okuhateka. Vamos esperar que os outros clubes apareçam", argumentou.
O campeonato nacional vai ter 20 juízes e cronometristas, segundo Pinto Diogo.
O Progresso do Sambizanga e as Escolas Rui Mingas e Dibondo Abrão não vão participar. As três equipas ainda não liquidaram a dívida de 68 mil kwanzas referentes à taxa de filiação junto à Associação Provincial de Atletismo de Luanda.              

SEGURANÇA FÍSICA
Pista dos Coqueiros preocupa atletas


Há dois dias do arranque do 38º campeonato nacional de pista em atletismo, na categoria de sénior, o estado lastimável da pista dos Coqueiros preocupa os atletas e os treinadores. Do 1º de Agosto veio o socorro de Bartolomeu Konde. O técnico principal teme que os seus atletas sofram lesões e juntam-se à lista entregue ao departamento médico.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o treinador da equipa militar disse que os atletas Cláudio Mayembe e Osvaldo Neto "ainda recuperaram das lesões contraídas, devido ao mau estado da pista dos Coqueiros". Por esse motivo, "vão falhar a competição nacional".
O velocista Osvaldo Neto falha as provas de 200 e 400 metros livres devido à lesão no tendão esquerdo. Para aferir as condições de recuperação física, vai participar apenas da prova de 100 metros "por precaução".