Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Luta entre Mayweather e Pacquiao investigada nos EUA

20 de Agosto, 2015

A Luta do Século entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao vai ser investigada nos Estados Unidos

Fotografia: AFP

A “Luta do Século” entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao nunca esteve tão questionada. Após o combate do dia 23 de Maio, torcedores de todo o mundo reclamaram do resultado que conferiu a vitória por pontos ao norte-americano. Na manhã da passada terça-feira, foi definido que o juiz do Distrito Central da Califórnia, Gary Klausner, vai analisar todas as demandas contra os organizadores da luta ocorrida em Las Vegas, onde o filipino ocultou das autoridades desportivas uma lesão no ombro direito com a qual lutou mesmo assim.

Klausner estudará um total de 32 demandas apresentadas através de tribunais espalhados em várias regiões dos Estados Unidos. Os pedidos são contra Pacquiao e o seu promotor, Bob Arum, assim como Floyd Mayweather Jr., seus agentes e os canais detentores dos direitos comerciais da luta, HBO e Showtime.

Dias após o polémico embate, a imprensa americana e europeia tiveram acesso ao relatório em que Pacquiao escondeu os seus problemas no ombro direito. No documento assinado pelo filipino, todos os campos relativos às lesões foram preenchidos no espaço do “não”. Logo em seguida, Bob Arum saiu em defesa do seu cliente ao dizer que foi ele quem respondeu ao questionário e não o pugilista.

O juiz anunciou que levará às mãos de especialistas o relatório de como Pacquiao se lesionou antes do combate – teve o ombro direito operado dias depois – e como isso afectou o desenvolvimento da luta. Também estudará se o facto de ter conhecimento da sua lesão sem informar previamente é um caso “suficientemente complexo” para justificar a decisão de ir ao ringue. A receita gerada pela “Luta do Século” é estimada em 500 milhões de dólares (1,74 bilhão), além de ter atingido um recorde de comprar no Pay per View.

DESFORRA
Manny Pacquiao ainda não engoliu a derrota sofrida para Floyd Mayweather na “Luta do Século” do boxe, realizada em Maio. O filipino, que foi batido na decisão dos juízes, espera ter nova oportunidade de encarar o atleta mais bem pago do mundo em uma desforra no ano que vem. “Eu quero concentrar-me nos meus trabalhos como político este ano e quero defrontar Mayweather numa desforra. Eu vou estar pronto física e mentalmente no ano que vem.

Eu mostraria uma performance ainda melhor do que fiz no primeiro combate”, disse Pacquiao, em entrevista ao site “Fightnews”. Pacquiao considera que, ao contrário do que decidiram os juízes, ele levou a melhor sobre Mayweather. “Ele ficou a correr o tempo inteiro. Eu estava a ditar o ritmo da luta ao persegui-lo e acredito que merecia a vitória”, afirmou.