Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Luvumbo convence associados do Uge

Rosa Napoleo - 01 de Fevereiro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

O candidato Miguel Luvumbo, líder da lista B para as eleições gerais na Federação Angolana de Lutas, encontra-se na província do Uíge, onde apresenta hoje o programa de acção aos associados locais.
O único concorrente ao cadeirão disse, em declarações ao Jornal dos Desportos, que o programa de acção agrada aos associados pelas inovações e mudanças feitas para os próximos quatro anos. 
\"Estou desde ontem no Uíge e sinto-me à vontade. Fui bem recebido pelos associados, já tivemos alguns encontros e está tudo controlado. Daqui parto para Malanje, onde vou dar continuidade ao trabalho\", disse.
Para reduzir o percurso, o candidato a vice-presidente trabalha na província de Cabinda, depois de apresentar as linhas de orientação no Cuando Cubango. Outro grupo embarca hoje para a província do Zaire, com o mesmo propósito.
\"A ideia é chegar a quase todas as províncias, ver o funcionamento das associações e clubes e garantir o apoio no voto\", explicou.
No programa de acção perfilam propostas, como a reconstrução das instalações da Federação, de forma a adaptá-la com a nova dinâmica que se impõe; a colaboração directa do Estado, inscrição de todos os associados (dirigente, árbitros técnicos e atletas), apoio administrativo aos clubes e associados provinciais e parceria com a Federação Internacional de Lutas.
Dentro dos objectivos constam a realização de acções de formação para treinadores e árbitros,  o aumento do nível competitivo das provas provinciais, inter -provinciais e nacionais para tirar mais proveito das capacidades físicas e técnicas dos atletas.
O período de campanha eleitoral perdura até o dia 8 do corrente. A massa votante integra as províncias de Cabinda, Malanje, Uíge, Cuando Cubango, Lunda Sul, Cuanza Sul, Zaire e Benguela.
De recordar que no início deste processo, havia duas listas de candidaturas. A de João Konde foi chumbada pela Comissão Eleitoral  por irregularidades na subscrição.
Os novos corpos gerentes da Federação Angolana de Lutas tomam posse no dia 18 em local a indicar.