Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Maior medalhista espanhol coloca fim à carreira

26 de Março, 2015

No C-1 1000m, ele foi ouro na Grécia e prata na China e Inglaterra. Em 2008, ele ainda foi o porta-bandeira espanhol.

Fotografia: AFP

O canoísta David Cal, recordista espanhol de medalhas olímpicas, com um ouro e quatro pratas, decidiu colocar fim à carreira e não vai competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Ele estava a preparar-se para a disputa no Brasil. De acordo com informações do jornal Marca, nesta quarta-feira,  confirmadas pela agência espanhola EFE junto ao Comité Olímpico Espanhol (COE), Cal, de 32, desistiu da sua preparação. As tentativas de demovê-lo da ideia não funcionaram.

A falta de motivação pode ser a principal razão para a aposentação, conforme o diário espanhol. Cal estava no Brasil acompanhado de seu técnico Suso Morlán, em preparação que visava, principalmente, o Mundial de Milão, em Agosto. Depois dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, Morlán assumiu a equipa brasileira de canoagem e Cal seguiu-o para manter a parceria de sucesso.

Actualmente, o espanhol é técnico de Isaquias Queiroz, de 21 anos, campeão mundial no C-1 500m. Nessa mesma prova,  deixou o programa olímpico em Londres, Cal foi medalhista de prata em Atenas-04 e Pequim-08. No C-1 1000m, ele foi ouro na Grécia e prata na China e Inglaterra. Em 2008, ele ainda foi o porta-bandeira espanhol.