Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mais dois clubes reforam Associao

Joo Francisco - 30 de Março, 2019

Clube Desportivo Estrela Mabor

Fotografia: Edies Novembro

Com a tomada de posse, ontem, dos representantes dos grémios, Clube Desportivo Estrela Mabor\" e \"Força do Cazenga\" que aconteceu no salão May Ocean, localizado no Bairro da Mabor, são seis os clubes membros da Associação Provincial dos Jogos tradicionais de Luanda (APJOTRAL), presidida por de Afonsina Pedro Mazimba.

Num ambiente característico, os integrantes deste tipo de desporto em que se sobressai muita animação, cor, música e acima de tudo combatividade, a Apjotral, no final do acto de tomada de posse dos dois clubes, houve demonstração de diferentes jogos tradicionais, como: Zero - Zero, garrafinha e salto à corda, entre estas duas equipas, em que o resultado não esteve em questão, por tratar-se de um convívio.

Com mais este passo, pode afirmar-se, sem medo de errar, que a presidente de direcção, Afonsina Mazimba, de poucas palavras, está a cumprir com o prometido quando foi eleita. \"Agora, que estamos reconhecidas, apesar de que os jogos que amamos são dos tempos dos nossos avós, vamos trabalhar para levá-los para outros cantos de Angola e do mundo (...)\".

Afonsina Mazimba, anunciou ainda que \" em Fevereiro deste ano, tiveram início as actividades oficiais programadas, com vista aos Campeonatos Províncias, em Janeiro foi o mês da auscultação dos clubes legais e exortar aqueles que praticam \"ilegalmente\", para regularizarem a situação na organização\", concluiu a nova dirigente que parece ser de \"falar pouco e trabalhar mais\", modelo que caracteriza a maioria das mulheres angolanas. 

O  acto de ontem (sexta-feira) contou também com a presença da directora Guilhermina Cruz, em representação de Manuel Sebastião, responsável do pelouro do Desporto/Cultura/Recreação, Comunicação Social e Turismo da Província de Luanda, que faz a vez da Direcção Provincial dos Desportos de Luanda, extinta, em função do novo ordenamento urbano que vigora um pouco por todo o país, assegurou a legalidade, como o bom andamento do acto.