Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Manny Pacquiao regressa aos triunfos

07 de Novembro, 2016

filipino Manny Pacquiao, que já ostentou títulos em oito categorias de peso diferentes,

Fotografia: AFP

O pugilista filipino Manny Pacquiao, que já ostentou títulos em oito categorias de peso diferentes, voltou a competir no passado sábado em Las Vegas (EUA), um combate que marcou o seu retorno aos ringues após o anúncio da sua aposentação em Abril. E para alegria dos seus fãs, o veterano de 37 anos retomou o posto de campeão mundial.

Diante do norte-americano Jessie Vargas, "PacMan" mostrou a agressividade e atitude que marcaram a sua carreira desde o início. Com volume de golpes superior e sempre disposto a tomar conta do centro do ringue, o agora senador filipino deu um show e levantou o público, embora tenha deixado claro que os seus reflexos para se esquivar dos contragolpes, assim como o seu poder de absorção de golpes, não são mais os mesmos.

Mesmo assim, o atleta mandou no ringue e só perdeu o domínio territorial nos "rounds" 4 e 6, o que lhe garantiu uma vitória tranquila por decisão unânime e o posto de campeão da Organização Mundial de Boxe (WBO) pela terceira vez na carreira entre os meio-médios (67 kg).Aos 37 anos e embalado por duas vitórias, o filipino é cotado como um dos nomes capazes de fazer Floyd Mayweather retornar da sua aposentação.

Invicto após 49 combates, o norte-americano aposentou-se em Setembro do ano passado após bater Andre Berto.Em Maio de 2015, Pacquiao e Mayweather disputaram aquele que foi chamada de "Combate do Século". Vencida por pontos pelo americano, a disputa quebrou todos os recordes de bilheteria, venda de pay-perviews e publicidade da história do boxe, além é claro da maior bolsa já paga, 300 milhões de dólares para o vencedor.