Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Manuel Lello continua em "coma"

Rosa Panzo - 05 de Junho, 2016

Manuel Lello vai dar início à preparação com vista os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Fotografia: Jornal dos Desportos

"Ainda não consegui despertar desse coma". As palavras são de Manuel Lello, quando reagia ao will card do Comité Olímpico Internacional para integrar a delegação angolana nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro previsto de 5 a 21 de Agosto próximo.

O velejador angolano manifestou estar surpreendido pelo convite, depois de perder todas as esperanças. A última, recorda, ocorreu na Argélia, onde diz ter lutado "como um leão" em busca da qualificação ao Rio'2016. A perda por um ponto a favor do velejador egípcio, "naquela altura tinha perdido o sonho".

Atleta da classe Laser Standard, Manuel Lelo disputou dez regatas no Campeonato Africano realizado em Dezembro de 2015, na Argélia. Foi a última oportunidade para obter o passe de acesso ao Rio'2016.

A sua prestação em todas as provas pontuáveis ao longo dos quatro anos de campanha levaram a Comissão Tripartida Olímpica (CTOI), a Federação Internacional de Vela (ISAF) e o Comité Olímpico Internacional a atribuir-lhe um convite excepcional para realizar o sonho de representar as cores de Angola na maior reunião desportiva do mundo.

Com o will card às mãos, Manuel Lello junta-se à dupla angolana da classe 470, formada por Paixão Afonso/Matias Montinho, na prova de vela.

Com os olhos regalados de felicidade, Manuel Lello confessa: "Não contava. Fui surpreendido com o convite de última hora. Estarei no Rio de Janeiro. O sonho tornou-se realidade; é real".

Com a integração de Manuel Lello (vela - classe Standart), a delegação nacional conta com as presenças de Antónia de Fátima (judo), Paulo Silva (tiro aos pratos), Paixão Afonso/Matias Montinho (vela - classe 470), Pedro Pinotes (natação) e a selecção feminina de andebol.