Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marc Mrquez a beira do ttulo

29 de Setembro, 2018

Por isso, os pilotos da Ducati (Dovizioso e Lorenzo) so obrigados a vencer todos os Grandes Prmios e rezar para que Mrquez desista em todas.

Fotografia: AFP

O campeonato de Moto GP está a chegar na sua fase derradeira, pois, dos 19 Grandes Prémios da temporada já se disputaram 12 corridas: Catar, Argentina, Américas, Espanha, França, Itália, Catalunha, Holanda, Alemanha, República Checa, Áustria, Samarino e Aragão faltando os Grandes Prémios da Tailândia, Japão, Austrália, Malásia e Valência. Para muitos analistas do desporto, não existe nenhuma dúvida de que Marc Márquez  irá vencer o campeonato de 2018 (ainda que a sua equipa, a Repsol Honda, não vença o campeonato), mesmo não tendo uma mota com a velocidade de ponta da Ducati, ele é bastante consistente, está quase sempre no pódio, dificilmente cai e comete menos erros que os seus mais directos adversários: Dovizioso, Lorenzo e Rossi.
Para muitos fãs da modalidade, a forma como os pilotos Andrea Dovizioso e Jorje Lorenzo irão perder o título será muito dolorosa para a Ducati e os seus fãs, pois eles (Dovizioso e Lorenzo) não aprenderam com os erros do ano passado.
O sonho do título de 2018 dos pilotos da Ducati está a terminar com a consistência de Márquez e as combinações de erros dos seus pilotos. O mais recente foi no Grande Prémio de Aragão com a queda de Lorenzo logo no princípio da primeira volta.
Na corrida passada, Marc Márquez venceu o Grande Prémio de Aragão, uma corrida em que se prognosticava a vitória de um dos pilotos da Ducati, pois Marc teve uma luta escaldante com “Dovi” com ultrapassagens mútuas durante a segunda parte da corrida até a última volta.
Com esta vitória, o espanhol está cada vez mais próximo do título com 246 pontos (72  de diferença em relação ao segundo colocado na classificação, Andrea Dovizioso). Em Aragão, Marc mostrou mais uma vez o porquê de ser o piloto com mais vitórias neste circuito.
Por isso, os pilotos da Ducati (Dovizioso e Lorenzo) são obrigados a vencer todos os  Grandes Prémios e rezar para que Márquez desista em todas.        
AV. DIAS