Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marcelino Augusto conquista GP Kilamba

22 de Julho, 2013

Por equipas, a Escola de Ciclismo David Ricardo conquistou o GP Cidade do Kilamba, com 11h42m32s. Em segundo ficou o Benfica de Luanda com 11h50m40. O Santos foi o terceiro colocado com 14h2 minutos.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O ciclista Marcelino Augusto, da Escola de Ciclismo David Ricardo, foi ontem o vencedor da primeira edição do Grande Prémio Cidade do Kilamba, ao gastar 3h54m37s em duas etapas, perfazendo 150 kms. A prova que percorreu as estradas da Centralidade do Kilamba foi disputada por 22 ciclistas seniores e 12 cadetes e juvenis. A primeira etapa foi realizada no sábado e o ciclista Marcelino Augusto, da Escola de Ciclismo David Ricardo, venceu a prova de fundo de 120 kms, com o tempo de 3h11m46s. A etapa mais longa do Grande Prémio Cidade do Kilamba foi vencida ao sprint. Osvaldo Walter, do Benfica de Luanda, terminou na segunda posição com o mesmo tempo efectuado pelo vencedor.

Do terceiro ao quinto lugar ficaram Cruz Tutu, da Escola de Ciclismo David Ricardo, e Osvaldo Jacinto, do Santos, ambos com 3h14m31s e Vicente Lello, do Benfica de Luanda, com 3h15m8s. Ontem realizou-se a competição complementar. A organização realizou duas etapas de circuito fechado de 30 kms cada, sendo uma para seniores e outra para cadetes e juvenis. Em cadetes e juvenis os resultados foram os seguintes: 1º Graciano Sabino, da Escola de Ciclismo David Ricardo, com 48m51s, 2º Gabriel Cole, do Benfica de Luanda, com 48m51s, 3º Mauro Ricardo, da Escola David Ricardo, com 52m2s.

Em seniores, Bruno André, do Benfica de Luanda, cumpriu os 30 kms em 42m8s. Na classificação geral individual, Marcelino Augusto foi o melhor posicionado com o tempo de 3h54m37s. A mesma performance foi alcançada por Osvaldo Walter, quedando-se no segundo posto. O terceiro lugar foi ocupado por Cruz Tutu, da Escola David Ricardo, com 3h57m39s. Por equipas, a Escola de Ciclismo David Ricardo conquistou o GP Cidade do Kilamba, com 11h42m32s. Em segundo ficou o Benfica de Luanda com 11h50m40. O Santos foi o terceiro colocado com 14h2 minutos.
Álvaro Alexandre

Paulinho  pode renovar


Rui Costa não é o único português em final de contrato. Todos os outros que integram as equipas ProTour terminam os respectivos vínculos este ano. Sérgio Paulinho e Bruno Pires (Saxo-Tinkoff), Tiago Machado e Nelson Oliveira (RadioShack) e Ricardo Mestre (Euskatel-Euskadi) estão na lista
Para além de Rui Costa, Sérgio Paulinho parece ser o que está em melhores condições de continuar no principal pelotão e na equipa de Alberto Contador.

O vice-campeão olímpico em Atenas 2004 já tem 33 anos, mas conta a seu favor com a larga experiência de nove épocas seguidas no estrangeiro. Tem sido gregário de luxo e isso pesa na hora de escolher os ciclistas que acompanharão o chefe de fila, neste caso Alberto Contador. Com a continuidade da RadioShack assegurada, agora sob o signo da Trek, a equipa só agora começa a definir o plantel. Apenas cinco ciclistas têm contrato, sendo que já foi anunciada a renovação com Cancellara. Espera-se que Tiago Machado e Nelson Oliveira tenham espaço na nova versão da RadioShack, tal como o director desportivo José Azevedo e os mecânicos Francisco Carvalho e José Eduardo