Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marco Couto entre os estreantes

?lvaro Alexandre - 09 de Junho, 2017

Subiu pela primeira vez ao pódio em 2008, na África do Sul, em seguida foi em 2014, no Brasil, e por último em 2015, em Angola.

Fotografia: Nuno Flash| Edições Novembro

O pescador Marco Couto, dos Tubarões Fishing Team, constitui o grande destaque entre os estreantes na Selecção Nacional seniores masculina, convocada para disputar a XXIV edição do Campeonato do Mundo da Pesca Desportiva de Alto Mar, prova a decorrer de 16 a 23 de Setembro do ano em curso, na Albufeira- Algarve, Portugal.

Com missão de recuperar o título perdido no ano transacto, na República do México, o capitão e seleccionador nacional Rogério Matos apresentou na última quarta-feira, na Galéria dos Desportos, localizada no Complexo Gimnodesportivo da Cidadela, os nove embaixadores escolhidos para Portugal-2017.

Na cerimonia de apresentação dos eleitos de Rogério Matos, também vice-presidente da Federação Angolana de Pesca Desportiva (FAPD), o estreante Marco Couto foi a grande atracção dos convocados. O seleccionador destacou as qualidades do pescador dos Tubarões Fishing Team. \"É um pescador com muitas valências, executante por excelência. A sua integração foi uma mais valia para o grupo\", realçou.

O técnico acrescentou que \"temos dois grupo bastantes equilibrados. Dos quais três foram convocados pela primeira vez, nomeadamente, Marco Couto (Tubarões Fishing Team), Cesário Barbosa (Team Náutico) e Cesário Barbosa (Team Náutico). O grupo \"A\" está composto por Marco Couto (Tubarões Fishing Team), Carlos Louro (Team Release), Luís Van-Dúnem (Tudo Fish) e Marco Queiros (Team Calulo).

A equipa \"B\" está integrada por Júlio Rocha (Team Nautico), Cesário Barbosa (Team Náutico), Airton Moreira (Monster Fishing Team) e João Tavira Lopes (Team Náutico). O Hugo Van-Dúnem (Team Kuxica) foi seleccionado como suplente\", reforçou. Marco Couto prometeu dar o seu máximo. \"Espero dar o maximo de mim.

Pretendo valorizar a confiança depositada. Não espero encontrar facilidades na prova. Conheço muito bem o mar Albufeira, na região do Algarve. Passarei a minha experiência aos companheiros da Selecção Nacional. Objectivo é de tentarmos ter um bom desempenho na competição, culminando com a conquista do meu primeiro título e quarto para o país. Destacou a África do Sul, o México e Portugal (nas vestes de anfitriã) com os principais candidatos\", desejou.

Angola prepara a sua sexta participação no Campeonato do Mundo da Pesca Desportiva de Alto Mar. A Nação é detentora de três títulos mundiais, dos quais dois são consecutivos.  Subiu pela primeira vez ao pódio em 2008, na África do Sul, em seguida foi em 2014, no Brasil, e por último em 2015, em Angola.
ÁA