Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marcos Fonseca é o alvo da pista

H?lder Jeremias - 13 de Setembro, 2017

Piloto do Team Marginal lidera competição

Fotografia: Nicolau Vasco (Cuando-Cubango) | Edições Novembro

Marcos Fonseca é o principal alvo a abater na disputa da quinta jornada do Campeonato Angolano de Velocidade (categoria EVO 600), agendada para domingo no circuito citadino do Huambo. O evento está inserido nas celebrações do Dia do Herói Nacional a 17 de Setembro.

O piloto do Team Marginal contabiliza 171 pontos na tabela classificativa. Fonseca está a fazer uma época muito produtiva: venceu a jornada inaugural (em Moçâmedes) e arrebatou o segundo lugar nas duas jornadas seguintes (Luanda e Huambo). Com o triunfo na quarta jornada (a 6 de Agosto), Marcos Fonseca chamou a si a liderança da competição.

Para tirar Marcos Fonseca da ponta da tabela, Victor Barros (Team Cuanza Sul) e Adilson Pinto (Team DF Moto Racing) juntaram as sinergias. Os 164 e 118 pontos, de ambos, justificam a agressividade com que vão pautar na corrida citadina. No evento do Huambo, apoiado pelo público, Adilson Pinto vai fazer valer o factor \"o filho da Huíla\". O piloto do Team DF Moto Racing está a atravessar uma excelente forma desportiva, o que constitui \"missão difícil\" para Marcos Fonseca chegar ao lugar mais alto do pódio.

A categoria EVO 600 tem outras animações, além dos três primeiros classificados da tabela. Tal como Marcos Fonseca, Victor Barros e Adilson Pinto, outros grandes nomes chegam ao planalto cientes de inverter a história do evento. A concorrência é grande. Jerónimo de Carvalho (Armando Racing), Hélder Coelho \"Vuty\" (Team Cuanza - Sul), Alexandre Almeida, Pedro Pina, Hugo Caldeira, Lourenço Morais, Moreno Pinto, Milton Oliveira, Edson Monteiro, Dinho Máquina, Carlos Cruz e Wilson Cardeau estão de olhos ao lugar alto dopódio.

Perante a forte concorrência, Marcos Fonseca está ciente do quanto vai ser difícil transpor os adversários. Dinho Máquina, na qualidade de anfitrião, vai dividir o apoio do público com Adilson Pinto. Um dos dois tem condições para  ser vencedor.Outra expectativa reside em torno da presença de Hélder Coelho \"Vuty\", depois de ter participado na competição sul-africana Club Race no último fim de semana, em Joanesburgo.

O piloto do Team Cuanza Sul disputou a corrida com os melhores pilotos da Zona VI de África. A experiência acumulada faz com que se senta mais galvanizado para elevar a fasquia nas competições domésticas. A organização do evento está entregue à Associação Provincial dos Desportos Motorizados do Huambo. A direcção de Nuno Araújo trabalha com as autoridades locais e a Federação Angolana na criação de condições técnicas e administrativas. 

SUPERMOTO
Adilson Pinto lidera Nacional


A quarta vitória consecutiva de Adilson Pinto representa um estímulo para a consagração do título da presente época desportiva em Novembro, em Benguela. O piloto do Team DF Racing Moto superou os adversários na prova disputada na primeira semana do mês corrente no circuito da Senhora do Monte no Lubango.

O piloto huilano revela-se como uma das maiores promessas do motociclismo nacional. As suas exibições ao mais alto nível, nas categorias EVO 600 e Supermoto 600, fazem dele um ícone em miniatura. Na última competição, os adversários não conseguiram seguir as suas pegadas. A audácia ao volante exige um pouco mais de traquejo em relação à classe EVO.

A 14 dias da disputa da quinta jornada, na cidade do Huambo, Adilson Pinto sente-se melhor servido com um novo patrocinador proveniente da República do Namibe. O apoio garante-lhe a conquista de troféus nas três provas restantes do campeonato. Líder da tabela classificativa com 194 pontos, Adilson Pinto sofre pressão directa de Uziel Ferraz (DF Moto Racing) com 160 pontos e de Jerónimo Carvalho (Armando Racing), 153 pontos. Nas posições imediatas perfilam Erikson de Carvalho, Victor Barros, Carlos Fernandes, Geovane Pinto, Hélder Coelho \"Vuty\" e Yven Santos.