Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marginal acolhe prova no sábado

Melo Clemente - 02 de Abril, 2015

Leonel Pinto assegurou que o comité trabalha para o êxito do certame

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Associação dos Líderes Empresários de Angola (Lide-Angola) organiza este sábado, dia 4, a partir das 12h00, na Marginal de Luanda, o Grande Prémio Paz Cidade de Luanda de karting, prova que visa saudar a passagem do 13º aniversário da Paz Efectiva em Angola e pontuável para a segunda jornada do campeonato provincial de Luanda.O facto foi dado a conhecer ontem, em conferência de imprensa, realizada numa das salas de reuniões do Hotel Epic Sana, por Leonel da Rocha Pinto, um dos responsáveis da Comissão Organizadora do referido evento.

Para além do karting, prova que vai contar para o calendário oficial da Associação Provincial de Luanda, o certame  conta ainda com as modalidades de ciclismo adaptado e não adaptado, supermotos e corrida de carros. De acordo com Leonel da Rocha Pinto, apesar do país estar a viver um momento de profunda consternação, particularmente a província de Benguela, devido às fortes enxurradas que se abateram um pouco por todo o país, que  causaram várias vitimas mortais, é imperioso que os angolanos se juntem para comemorar a passagem de mais um aniversário da Paz Efectiva, que se assinala sábado dia  quatro numa altura em que o país se prepara para festejar os 40 anos de Independência Nacional, a 11 de Novembro.

“Primeiro gostaria de agradecer a presença da comunicação social num dia em vamos aproveitar para fazer a apresentação daquilo que será o Grande Prémio da Paz. Infelizmente, estamos a viver uma situação muito triste por causa das chuvas que têm assolado o país daí a nossa solidariedade, enquanto desportistas, enquanto responsáveis, mas entendemos que a paz também deve ser comemorada, razão pela qual, decidimos organizar o GP Paz Cidade de Luanda.

A competição é extensiva a todos os pilotos e ciclistas das demais províncias, daí que, o Comité Organizador do GP Paz Cidadela de Luanda espera ter uma participação recorde.“Nós endereçamos convites a todas as províncias a fim de participar desta festa. Por isso, acreditamos que vamos movimentar muitos atletas porque a festa é de todos os angolanos”.Para o êxito da competição foram criadas várias comissões de trabalho, com particular realce para o da segurança que está sob responsabilidade da Comissão Administrativa de Luanda.De acordo com o programa a que tivemos acesso, a Marginal de Luanda fica interdito a circulação de viaturas, a partir das 15h00 de amanhã, sexta-feira, para os devidos retoques ao circuito que vai acolher o GP Paz Cidade de Luanda.

 GP PAZ
Ciclismo em peso


Cento e cinquenta atletas vão participar este sábado do GP Paz Cidade de Luanda, prova que visa saudar os 13 anos da Paz Efectiva a assinalar-se no dia quatro do mês em curso, de acordo com Jair Guerreiro, presidente da Associação Provincial de Ciclismo de Luanda.
Sem o condão “competitivo”, os ciclistas vão aproveitar para ensaiar as estratégias, com vista a prova de domingo. Para além dos ciclistas da capital do país, confirmaram presença no certame os ciclistas das províncias de Benguela e do Cuanza Norte.

A nível dos adaptados estão confirmados dez atletas para a prova de triciclo de tracção animal, como fez saber Leonel da Rocha Pinto, presidente do Comité Paralímpico Angolano e membro do Comité Organizador do GP Paz Cidade de Luanda. Os treinos livres começam a ser realizados a parir das 8h40. Para abrilhantar a festa dos 13 anos de Paz Efectiva está agendado um espectáculo musical, na Marginal de Luanda, actividade que encerra o GP Paz Cidade de Luanda.

Tom Boonen tem hipótese
de regressar na Paris-Roubaix


O ciclista belga Tom Boonen, que sofreu uma queda na prova Paris-Nice, regressou aos treinos com o difícil objectivo de ainda participar na clássica Paris-Roubaix. De acordo com Marc Coucke, um dos proprietários da equipa Etixx-Quick Step, o ciclista belga, de 34 anos, tem uma pequena hipótese de ainda competir na prova, agendada para 12 de Abril.

“O Tom Boonen está a trabalhar muito, tem um por cento de hipóteses de competir na Paris-Roubaix”, escreveu Coucke na sua conta oficial na rede social Twitter e  explicou que o ciclista pode fazer a inscrição e que depois vai-se ver.Boonen sofreu uma grave queda na primeira etapa da Paris-Nice, a 9 de Março,  teve de abandonar a prova devido a uma luxação na zona da clavícula esquerda, com um tempo de recuperação estimado entre três a seis semanas.O ciclista belga venceu por quatro vezes a clássica Paris-Roubaix, competição conhecida como o inferno do norte ou um domingo no inferno, além de ser considerada a “rainha das clássicas”.