Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Maria Samalinha refora Cristo Rei

lvaro Alexandre - 13 de Janeiro, 2018

Maria Samalinha treina com o seleccionador nacional

Fotografia: Jos Soares| Edies Novembro

Com os olhos na revalidação do título, a equipa sénior feminina do Cristo Rei do Lubango está mais compacta com a chegada de Maria Samalinha na última quinta-feira. A equipa das terras altas da Chela prepara-se para o campeonato nacional no Centro de Alto Rendimento de Angola desde à semana passada. O trabalho do grupo começou a seis meses.
Maria Samalinha ajudou a equipa a vencer a edição passada disputada no Lubango. Residente na Huila, a mesatenista cumpre hoje a segunda sessão de treinos conjuntos, depois de mais de oito meses paralisada. O penúltimo treino a ser orientado por Manuel Pimental, seleccionador nacional, reserva partidas de controlo com as companheiras Isabel Albino e Ruth Tavares.
A melhor tripla da competição nacional vai ser testada pelas jogadoras Jerusa Borges, Carla Ferreira e Kalyane de Sousa. O desfecho é imprevisível. As anfitriães estão com sentimento ferido por perderem a edição anterior.
Em masculino, a equipa sénior do Cristo Rei trabalha desde Novembro último. O grupo está reforçado com Alessio Peter, que se transferiu do Clube da Colheita do Ponta do Pargo de Portugal, para ajudar a revalidação do título. Aléssio Peter juntou-se ao Elizandro André e Edvane Neto, os \"papões\" das provas organizadas em 2017.

DESPORTIVO DA HUÍLA
DISPUTA O NACIONAL

Superado o momento de reflexão, a direcção do Grupo Desportivo da Huíla conseguiu mobilizar os meios técnicos e financeiros para garantir a presença da equipa principal na XXVIII edição do Campeonato Nacional de Ténis de Mesa a decorrer de 15 a 19 do corrente mês, no Centro de Alto Rendimento de Angola em Luanda.Sem grandes objectivos, a equipa prima no convívio realizado uma vez por ano. É uma oportunidade para os atletas interagirem com adversários mais competitivos. O Desportivo da Huíla encontra-se em Luanda com um modesto plantel formado por Agostinho Victorino, Roberto Fabiano e Osvaldo Mendala.A Huíla passa agora a contar com quatro formações na competição. As outras são Benfica do Lubango e Sporting do Lubango. A competição começa às 8h00 de segunda-feira no CARA.
Luanda é a província mais representada com os Persistentes/Tecnoserve, Escorpiões da Boa Fé, Esaqualis, Speisse, Mussulus, Carlomira, SIEP, Aléssia e Handhome.Para além de Luanda e Huila, a competição conta também com as participações dos Mistos de Cabinda, Huambo e Moxico. O Namibe trouxe o Atlético local.