Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marido e mulher conquistam medalhas de prata

07 de Outubro, 2019

"Somos atletas muito competitivos. Treinamos juntos e, por vezes, somos competitivos tanto na pista como fora dela", brincou Maicel.

Fotografia: Dr

Maicel Uibo, da Estónia, e Shaunae Miller-Uibo, das Bahamas, são marido e mulher e conseguiram o feito único de, no Mundial de Doha, festejarem as medalhas de prata no intervalo de poucos minutos. \"Duas medalhas ao mesmo tempo, na mesma noite, é duplicar a alegria\", comentou Shaunae, de 25 anos, que foi a primeira a festejar. Ela era a favorita na final de 400 metros, mas foi batida por Salwa Eid Naser, do Bahrein, que espantou ao fazer o terceiro tempo mais rápido da história.
Quando Shaunae Miller-Uibo terminou, ao bater o recorde americano e fazer a sexta melhor marca mundial de sempre, Maicel Uibo estava a fazer o aquecimento para os 1500 metros, a última das dez provas do decatlo, que também acabou de forma emocionante: havia seis candidatos ao triunfo!
Maicel, de 26 anos, foi terceiro na corrida mais longa das provas combinadas e com isso garantiu a medalha de prata.
\"Não pude ver a corrida dela. Só espreitava a página dos resultados. Vi mais tarde a repetição dos 400 metros\", contou o estónio.
Shaunae contou que esperou na pista pelo final da corrida do decatlo: \"Ele estava a contar com o ouro. Eu sabia que não estava em grande forma para os 1500 metros, mas deu tudo. Tenho muito orgulho nele\". No final, o casal juntou-se e deu uma volta ao Estádio Khalifa em conjunto. Cada um com a bandeira do seu país. Em Doha, eles eram candidatos a medalhas, pois ela é campeã olímpica e tinha a melhor marca do ano nos 400 metros. Ele ganhara o bronze no heptatlo do Mundial de pista de coberta e fizera 8514 pontos no decatlo há dois meses.
Os Uibo conheceram-se na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos da América, onde estudaram juntos e casaram em 2017.\"Somos atletas muito competitivos. Treinamos juntos e, por vezes, somos competitivos tanto na pista como fora dela\", brincou Maicel.