Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Marinha e Interclube almejam revalidao

Silva Cacuti - 26 de Outubro, 2019

Jovens da Polcia e da Marinha disputam final em juniores

Fotografia: Arimateia Baptista

Os campeonatos provinciais de andebol de Luanda em juniores ficam hoje decididos com a disputa das finais marcadas para o pavilhão Paulo Bunze ao complexo do Ex-R20. O Interclube, detentor do troféu masculino, vai discutir o título com o 1º de Agosto. Em feminino, a "luta" está reservada para as manas do 1º de Agosto e da Marinha de Guerra.

As finais encerram um dia "cheio", que começa com a disputa das classificativas do terceiro lugar. Nas classificativas masculinas, às 8h30, no recinto do Desportivo da Banca, o Petro de Luanda visita os bancários, mas vai precisar de argumentos para desconstruir o favoritismo dos adversários. As equipas são relativamente equilibradas e o factor casa pode ser de grande valia para a equipa da Banca.

Às 10h00, no campo do Maculusso, para a prova feminina, jogam a equipa local, diante do Petro de Luanda. As petrolíferas vão ao bairro Maculusso com grandes probabilidades de vencer e "fisgar" o último lugar do pódio. Aqui o factor casa pode ser desprezado pelas petrolíferas; têm uma equipa mais madura, dotada de algumas atletas com andamento na equipa sénior.

O destaque do dia vai para as finais. O Interclube, detentor do troféu masculino, defronta o 1º de Agosto. O jogo está marcado para as 15h00 e nem mesmo o factor casa pode facilitar a equipa agostina, ante o favoritismo do Interclube, equipa afecta à Polícia Nacional.

A final feminina, que se joga a seguir no mesmo recinto, opõe as equipas da casa. 1º de Agosto e Marinha de Guerra digladiam-se pela posse do "caneco" que, na verdade, vai parar à mesma galeria, indiferente de quem vença o jogo.A Associação Provincial de Andebol de Luanda (APAL) assegura ter tudo a postos para que a disputa das finais decorre sem sobressaltos, segundo o presidente de direcção, Simão Filho.