Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mário Bettencourt promete medalhas

Rosa Napoleão - 13 de Novembro, 2016

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o atleta do Nacional de Benguela pretende conquistar outra medalha de ouro, à semelhança da edição anterior dos Jogos.

"Estamos a trabalhar. Somos uma equipa forte e com vontade de obter medalhas, a fim de enaltecer o judo angolano. Na edição passada, que decorreu em Botswana, conseguimos três medalhas de ouro. O meu objectivo é manter o nível ou superá-la", almejou.

Em Gaberone, Angola obteve as medalhas de ouro, através de Mário Bettencourt, Jonathan Kiala e Décio Ferreira.

Mário Bettencourt lamentou o facto de Jonathan Kiala e Décio Ferreira não competirem nesta edição dos Jogos da SADC, por conta das idades. Apesar de ser o único "sobrevivente", mantém a confiança nos "novos" candidatos eleitos.

"Apesar de não podermos contar com os medalhistas da prova passada, tenho a certeza de que o grupo vai superar as medalhas de Gaberone. Nessa selecção, constam o Acácio Cassule, da categoria -73 kg, que foi medalha de prata nos Jogos da CPLP, assim como, Edmilson Pedro, da -66 kg, que participou do Campeonato Africano do Gabão", disse.

Os treinos decorrem no Ginásio da Terra Nova, no Distrito do Rangel, em obediência ao plano aprovado pela Comissão Técnica. Em função dos horários escolares, os grupos estão divididos em dois turnos: manhã e noite. Para manter o ritmo, os seleccionáveis, que não aparecem aos treinos, são obrigados a exercitarem corridas onde estiverem, segundo Yuri Paim, um dos treinadores.

O grupo de 22 atletas vai estar sujeito à triagem nas próximas semanas, para seleccionar os representantes do país, nos Jogos da SADC. Com a aproximação da data, o equilíbrio entre os seleccionáveis é alto. A equipa de técnico vai ter dificuldades para dispensar atletas. Estão definidos oito atletas para cada um dos géneros. A Selecção Nacional entra no dia  4 de Dezembro para o regime fechado de treinos no Ginásio do Instituto Superior de Ciências Policiais, Osvaldo  Serra Van Dunen, instituição que vai albergar a vila olímpica.  Para além de Yuri Paim, a preparação dos atletas está a cargo também dos treinadores N'zinga Pedro, Hélder Camindo, Cândido José, Natan  Garcia, José Moreno, Alexandre Martins e Pedro Ebo.