Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Márquez mostra força em Silverstone

29 de Agosto, 2015

Jorge Lorenzo largou bem para impor o seu forte ritmo e escapar do alcance dos principais rivais na competição rainha de motos

Fotografia: AFP

Sem dar chances aos rivais, Marc Márquez sobrou para liderar o primeiro treino livre da MotoGP em Silverstone 0s388 mais lento, Jorge Lorenzo ficou em segundo, com Valentino Rossi completando o top-3. Marc Márquez mostrou toda sua força na manhã de ontem em Silverstone. Ignorando todo e qualquer esforço da concorrência, o espanhol liderou o primeiro treino livre da MotoGP com sobras.

 Com seu melhor giro em 2min03s111, o piloto da Honda garantiu o topo da tabela de tempos com 0s388 de vantagem para Jorge Lorenzo, o segundo colocado.
Valentino Rossi conseguiu melhorar o seu registo na parte final da sessão e ficou com o terceiro tempo. O italiano foi 0s856 mais lento que Márquez e ficou a 0s468 de Lorenzo.

 Com 2min04s072, Andrea Iannone garantiu a quarta posição, à frente de Andrea Dovizioso. Correndo em casa, Scott Redding virou 1s059 mais lento que o  número 93 e ficou com a sexta posição.

 Também no quintal de casa, Bradley Smith conseguiu 2min04s313 e ficou com o sétimo posto, 0s034 à frente de Dani Pedrosa, que ainda não se recuperou completamente da lesão de tornozelo sofrida em Brno.

Pol Espargaró aparece na sequência, com Cal Crutchlow completando m top-10 separado por 1s302.
Apesar do sol brilhando em Northamptonshire, o primeiro treino da MotoGP em Silverstone começou com temperaturas baixas. Na hora da sessão, os termómetros marcavam 16°C, com a pista chegando aos 12°C. A velocidade dos ventos estava em 10 km/h.

Com 2min07s118, Valentino Rossi abriu a sessão no topo da tabela, 0s310 à frente de Yonny Hernández. Aleix Espargaró vinha em terceiro, com Dani Pedrosa e Pol Espargaró completando o top-5. Marc Márquez cravou 2min05s179 na sequência e assumiu a ponta, 0s223 à frente de Scott Redding, o segundo colocado.

Pouco depois, Jorge Lorenzo virou em 2min04s817 e assumiu a liderança, 0s103 à frente de Rossi. Imediatamente, Dani Pedrosa pulou para a ponta, mas caiu para o segundo posto com Márquez passando 0s882 mais rápido.

 Lorenzo tentou reagir de imediato e pulou para a segunda colocação, 0s269 atrás de Márquez. Andrea Iannone tinha a terceira colocação, à frente de Pedrosa e Rossi.

 Passados os primeiros 13 minutos da sessão, os pilotos começaram a seguir para os boxes para os primeiros ajustes. Márquez comandava a sessão com 0s269 de vantagem para Lorenzo. Iannone vinha em terceiro, com Pedrosa, Rossi, Pol Espargaró, Dovizioso, Bradley Smith, Redding e Aleix Espargaró.
De volta à pista, Aleix baixou para 2min04s843 e saltou para o sexto lugar, 1s014 atrás de Márquez, que seguia no topo da tabela.

 Pouco depois, Márquez cravou 2min03s111, abrindo 0s767 de margem para Lorenzo. Pol Espargaró tinha o terceiro tempo, à frente de Pedrosa, Rossi e Iannone.
Restando pouco mais de 13 minutos para o fim do treino, os pilotos começaram a voltar aos boxes. Márquez ainda tinha o comando, 0s538 à frente de Lorenzo. Iannone vinha na sequência, com Pol, Pedrosa, Rossi, Dovizioso, Smith, Aleix e Redding fechando o top-10.

De volta à pista, Valentino cravou 2min03s967 e saltou para o terceiro posto, 0s856 atrás de Márquez. Iannone vinha na sequência, com Pol fechando o top-5. Cal Crutchlow também foi melhor e assumiu a nona colocação.

 Com 2min04s114, Andrea Dovizioso saltou para a quinta colocação, 1s004 atrás do líder. 0s055 mais lento, Redding passo a ocupar o sexto posto, seguido por Smith e Pedrosa.

 Com o cronómetro travado, ninguém conseguiu bater a marca de Márquez, que ficou com o top da tabela. Lorenzo e Rossi completam o top-3.

LIDERANÇA
Navarro comanda primeiro treino livre da Moto3


Com 2min15s568, Jorge Navarro garantiu a liderança do primeiro treino livre da Moto3 na Grã-Bretanha. 0s210 mais lento, Brad Binder ficou em segundo, com Isaac Viñales fechando o top-3. Danny Kent teve um problema mecânico com a NSF250RW e não completou nem ao menos uma volta
Jorge Navarro foi o mais rápido na primeira sessão de treinos livres para o GP da Grã-Bretanha de Moto3. Exibindo um bom ritmo na parte final do treino desta sexta-feira (28), o piloto da Estrella Galicia 0,0 assegurou com sobras a liderança do TL1.

Com o seu melhor giro em 2min15s568, Navarro não teve dificuldades em garantir a ponta da tabela. Brad Binder ainda tentou responder ao espanhol, mas ficou a 0s210 do #9. Já 0s420 atrás do líder, Isaac Viñales, que substitui Niklas Ajo na RBA, ficou com o terceiro posto. Com 2min16s082, Miguel Oliveira garantiu a quarta colocação, seguido por Enea Bastianini. Jakub Kornfeil melhorou em seu último giro para garantir a sexta marca. 0s655 mais lento que o líder, Romano Fenati fez o sétimo tempo, logo à gente de Andrea Migno, seu companheiro na VR46. Niccolò Antonelli e Éfren Vázquez completam o rol dos dez primeiros. Líder do Mundial, Danny Kent teve um problema mecânico com a Honda na Copse tão logo deixou os boxes e não conseguiu sequer completar uma volta na sessão.

A sexta-feira amanheceu com sol em Silverstone, mas nem isso foi suficiente para elevar as temperaturas. Na hora do primeiro treino do fim de semana, os termómetros marcavam 13,9°C, com a pista chegando aos 11,5°C.

 Ainda nos primeiros instantes da sessão, Danny Kent teve um problema com a NSF250RW na saída da Copse e precisou voltar directo para os boxes.  Para a prova deste fim de semana, a novidade era a substituição de Niklas Ajo por Isaac Viñales, que foi dispensado da LaGlisse mas logo conseguiu espaço na RBA.

 Com 2min19s203, Brad Binder foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, 1s281 à frente de Miguel Oliveira. Éfren Vázquez tinha o terceiro tempo, com Romano Fenati e Isaac Viñales completando o top-5. Na passagem seguinte, Binder baixou para 2min17s921 e se manteve na ponta, agora com 0s507 de margem para Fenati, que vinha em segundo. Viñales pulou para terceiro, à frente de Enea Bastianini, Oliveira, Niccolò Antonelli, Andrea Locatelli, Éfren Vázquez, Francesco Bagnaia e Fabio Quartararo.

MOTO 2
Zarco bate Lowes na Grã-Bretanha


Com o cronómetro zerado, Johann Zarco superou Sam Lowes e ficou com a liderança do primeiro treino da Moto2 em Silverstone. Jonas Folger completa o top-3, à frente de Tito Rabat.

Correndo em casa, Sam Lowes mostrou força na manhã desta sexta-feira (28), mas Johann Zarco não deixou por menos e tomou a liderança do titular da Speed Up já com o cronómetro travado em Silverstone.

 Em seu giro final na primeira sessão livre, Zarco baixou sua marca para 2mi08s461, tirando a ponta de Lowes por 0s078. O britânico reagiu prontamente, mas não conseguiu superar Johann, ficando a 0s016 da liderança.

Também no fim do exercício, Jonas Folger registrou 2min08s920 e ficou com o terceiro tempo, à frente de Tito Rabat, que foi 0s471 mais lento que o líder.
Lorenzo Baldassarri colocou a Forward na quinta colocação, seguido por Álex Rins. O piloto da Pons chegou a brigar na ponta, as acabou a 0s532 de Sam.
 Sandro Cortese ficou com o sétimo tempo, seguido por Julián Simón e Takaaki Nakagami. Tom Lüthi fecha a lista dos dez mais rápidos.

Com o sol se fazendo presente em Silverstone, a temperatura começou a subir no fim da manhã inglesa. Quando os pilotos da Moto2 foram para a pista, os termómetros marcavam 16°C, com a pista chegando aos 24°C. A velocidade dos ventos estava em 10 km/h.

 Com 2min11s235, Johann Zarco começou o treino no topo da tabela, 0s499 à frente de Sam Lowes. Tom Lüthi vinha em terceiro, com Julián Simón completando o top-5.

 No giro seguinte, o líder do Mundial baixou para 2min10s034 para se manter na ponta, com Takaaki Nakagami se instalando na segunda colocação, 0s320 atrás. Rins vinha em terceiro, seguido por Mika Kallio.
 Com 2min09s200, Rins tomou a ponta, abrindo 0s285 de vantagem para Zarco. Nakagami era o terceiro, seguido por Lüthi.