Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Masculinos consolidam táctica

Silva Cacuti - 02 de Setembro, 2015

Felipe Cruz ensaia defesa para Congo

Fotografia: José Soares

A selecção nacional sénior masculina de andebol vai dedicar os últimos dias de preparação, que antecedem a partida para o palco dos 11ª Jogos Africanos, à consolidação da filosofia de jogo a apresentar na prova. Para facilitar a tarefa, o seleccionador nacional Filipe Cruz introduziu a disputa de jogos amistosos com algumas equipas da capital. Amanhã, a selecção nacional defronta um Misto constituído por atletas do Interclube e do Petro de Luanda.

Vai ser o terceiro jogo. Na sexta-feira, a equipa começou a fazer jogos e defrontou o Misto, a quem venceu por 19-17. No segundo jogo, ontem, a selecção nacional jogou com a equipa da Marinha de Guerra. Durante os jogos tem sido visível a preocupação do treinador na correcção das falhas cometidas pela equipa tanto nos diagramas ofensivos como defensivos. Apesar das preocupações de Filipe Cruz, a equipa já demonstra conjunto, embora os adversários, sejam maioritariamente atletas que cumprem defeso nas respectivas equipas.

O objectivo da selecção nacional nos Jogos Africanos passa por voltar a jogar a final, depois de o ter feito na edição de 2011, na cidade Moçambicana de Maputo. Filipe Cruz trabalha com Augusto Dinzeia "Gugu", Belchior Camuanga "Show Baby", Edvaldo Ferreira "Moreno", Elsemar Pedro, Geovany

Muachissengue, Osvaldo Mulemessa, Agnelo Quitongo, Rome Hebo e Sérgio Lopes (1º de Agosto), Adelino Pestana, Edgar Abreu, Julião Gaspar e Liliano Pedro (Interclube), Declerck Sibo, Enio de Sousa, Gilberto Figueira, Henrique Cassange e Manuel Nascimento (Marinha de Guerra), Heleotério Pensamento, Mário Tati e Mayomona Panzo (Petro de Luanda). A selecção nacional vai jogar o torneio de andebol dos Jogos Africanos inserida no grupo B, ao lado da Nigéria e Quénia.
SILVA CACUTI