Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

McLaren mostra novo macacão

29 de Janeiro, 2015

Fernando Alonso aparece vestido com um macacão todo branco,

Fotografia: AFP

A McLaren divulgou na última terça-feira uma foto do provável macacão dos pilotos para a temporada 2015 da Fórmula Um. E a imagem aumentou o mistério a respeito das cores que a equipa vai adoptar este ano.No registo, Fernando Alonso aparece vestido com um macacão todo branco, com a marca da Honda (fornecedora de motores da escuderia) e alguns poucos patrocinadores (Mobil, Johnny Walker, SAP, Pirelli).

A peça dá poucas dicas a respeito das possíveis novas cores da McLaren. Espera-se que a equipa volte a adoptar uma pintura histórica nos seus carros, que podem ser vermelho e branco (cores utilizadas entre as décadas de 70 e 90) ou alaranjados (cores dos carros de Bruce McLaren entre as décadas de 60 e 70).Nas décadas de 80 e 90, quando correu com carros  vermelho e branco, a McLaren utilizava macacões vermelhos nos seus pilotos. O mistério das cores da McLaren deve chegar ao fim hoje, quando a equipa apresenta oficialmente o seu novo carro para a temporada 2015 da Fórmula Um.

VETTEL PENSOU
ABANDONAR A F1

O alemão Sebastian Vettel até pensou abandonar a Fórmula Um no final da temporada de 2014, após um campeonato complicado com a Red Bull no ano passado. Vettel, entre 2010 e 2013, dominou plenamente a categoria mais expressiva do automobilismo com quatro títulos consecutivos. Christian Horner, chefão da escuderia austríaca, em entrevista ao jornal britânico The Mirror, declarou que o piloto estava descontente com a Fórmula Um.

“Houve um momento na temporada passada onde ele ponderou se queria ou não parar. Ele estava descontente com a F1, nos quatro anos anteriores tinha sido tão bem-sucedido num carro que adorava pilotar e de repente as coisas ficaram diferentes”, afirmou Horner.No ano passado, em dezanove provas, Vettel não conseguiu vencer nem largar da "pole position". O tetracampeão subiu ao pódio quatro vezes e conquistou 167 pontos, o que lhe garantiu a 5.ª posição geral.

Todavia, o seu companheiro Daniel Ricciardo foi o 3.º no Mundial com 238 pontos e três vitórias. O descontentamento do piloto, de acordo com o dirigente, não estava relacionado com a Red Bull, “mas sim com o caminho que a F1 estava a tomar”.
Em 2015, Sebastian Vettel vai ser o principal piloto da escuderia italiana Ferrari.