Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

McLaren prev recuperao de Button e Alonso

19 de Junho, 2015

Jenson Button acredita que a McLaren ainda pode fazer muitos bons resultados esta temporada apesar de j no poder vencer o campeonato

Fotografia: AFP

A temporada de 2015 não começou bem para a McLaren. Ainda sem pontuar e com os pilotos Jenson Button e Fernando Alonso em 17º e 18º, respectivamente, na classificação geral da Fórmula Um, a escuderia vê cada vez mais distante as hipóteses de terminar o ano entre as primeiras colocadas, apesar dos membros da equipa ressaltarem o tempo todo o crescimento vivido pela McLaren a cada semana.

"Estamos a ver um progresso a cada semana, e esperamos que isso se mantenha na Áustria. O nosso principal objectivo é a reabilitação para conseguir fazer as melhorias que precisamos na pista. É um circuito muito físico, com quatro sequências rápidas de curvas e o freio apertado nos cantos, então será desafiador para nossa equipa, mas é uma pista muito interessante de se correr", analisou o espanhol Fernando Alonso.

Embora mantenha o optimismo do companheiro, Button lamenta o facto da dupla não ter completado o circuito no GP do Canadá por problemas nos freios dos carros. De acordo com o piloto, a escuderia não pode se esquecer dos bons resultados.

"É importante não nos esquecermos do quanto melhoramos nesta temporada. Claro que os dois carros fora da corrida não foi o resultado que queríamos, mas estamos atentos ao progresso e vamos continuar a trabalhar nas melhorias que já havíamos nos programado para fazer", disse Button.

O melhor desempenho da McLaren no ano foi no GP de Mónaco, quando o britânico terminou o circuito em oitavo lugar. Alonso, por sua vez, deixou a pista mais cedo na Malásia e em Mónaco, além de não ter participado do GP da Austrália por estar  a recuperar  de um acidente na última bateria de treinos da pré-temporada. Em 2014, o espanhol terminou a corrida no Canadá em quinto lugar, quando ainda dirigia pela Ferrari, enquanto Button ficou em 11º na classificação.


CIRCUITO DE SPIELBERG
Williams com vantagem
na visão de Filipe Massa


O brasileiro Felipe Massa disse, ontem, acreditar que as características do circuito de Spielberg favorecem um melhor desempenho de sua equipa, a Williams, que vem embalada após uma corrida de recuperação no Canadá, há quase duas semanas.

Na corrida em Montreal, no último dia 7, Massa largou da 15ª posição, mas guiou bem o FW37, conseguiu nove ultrapassagens e terminou na zona de pontuação, no sexto lugar. Para a prova do próximo domingo, o paulista espera repetir a performance de 2014, quando cruzou a linha de chegada na quarta posição.

"O circuito na Áustria tem uma grande pista, muito rápida e muito agradável para pilotar. O nosso carro normalmente é adequado para esta pista e eu nunca vou esquecer minha pole position no ano passado", explicou o vice-campeão do Mundial de 2008.

"Esperamos que neste ano possamos ter uma repetição ou pelo menos algo semelhante, assim como nós queremos aproveitar o impulso que tivemos no Canadá", acrescentou o sexto colocado do campeonato, com 47 pontos.

O engenheiro de provas da Williams, Rob Smedley, reforçou o discurso de Felipe Massa ao dizer que o bólido da equipa britânica tem condições de fazer uma boa corrida na Áustria, onde a pista colabora com as actuais condições do FW37. O inglês tem como objectivo fazer com que seus pilotos lutem de igual para igual com a Ferrari.

"Estamos a sair de uma corrida em que mostramos um grande ritmo e uma boa gestão dos pneus, assim podemos ir para a Áustria confiantes em terminar na frente de novo. Sabemos que o nosso carro é muito forte nestas áreas, por isso estamos confiantes. Eu quero tentar ficar próximo da Ferrari. É um circuito em que podemos somar ponto sobre eles e esse é o nosso objectivo", explicou Smedley.