Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

McLaren refuta falha no acidente

25 de Fevereiro, 2015

O campeonato do Mundo de Fórmula Um começa a 15 de Março em Melbourne

Fotografia: AFP

O espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial de Fórmula Um, está "a recuperar de forma sólida" do acidente no circuito de Barcelona, com a McLaren a refutar qualquer responsabilidade mecânica no desastre. A informação foi prestada pela equipa britânica que, depois de revelar que os exames realizados têm dado "resultados normais", prescindiu de revelar muitos pormenores de forma a providenciar ao piloto "a privacidade e tranquilidade necessárias para facilitar uma recuperação pacífica".

"Fernando Alonso continua no hospital para observações suplementares e para recuperar dos efeitos da medicação a que foi submetido no domingo", esclarecem. O piloto espanhol embateu num muro depois de 20 voltas de testes, com a McLaren a considerar que os ventos fortes motivaram o acidente. "As nossas conclusões indicam que o acidente foi causado pelos imprevisíveis ventos que àquela hora se faziam sentir naquela parte do circuito e que afectaram outros condutores", sustenta a equipa.

A McLaren reforçou : "Podemos afirmar categoricamente que não há nenhuma evidência que indique que houve qualquer tipo de falha mecânica no carro de Fernando Alonso." O campeonato do Mundo de Fórmula Um começa a 15 de Março em Melbourne, Austrália.
  Fernando Alonso deixou a Ferrari para regressar à McLaren no fim de 2014, surpreendendo o mercado da Fórmula Um. No entanto a surpresa podia ter acontecido até mesmo antes, no fim de 2011 ou 2012.

A informação foi divulgada por Felipe Massa, então companheiro de Alonso na equipa. Em entrevista ao site oficial da Fórmula Um, o brasileiro da Williams disse acreditar que o espanhol tentou deixar a equipa italiana noutras ocasiões, antes de esta conseguir a contratação de Sebastian Vettel."Acho que Fernando tentou deixar a equipa dois ou três anos atrás, mesmo quando eu ainda estava na equipa, mas ele não pôde. Talvez o carro (da Ferrari) do ano passado não fosse tão bom, os resultados não estavam lá, mas ele continuou lutando, tentando mudar a equipa. Mas a equipa já estava a mudar por dentro, e eles decidiram mudar inclusive Alonso", disse o brasileiro.

Massa foi questionado a respeito da adaptação de Vettel à equipa italiana e fez uma projecção optimista para o alemão. Segundo ele, o alemão é um vitorioso e pode ajudar a recolocar a Ferrari numa trilha de bons resultados."É uma nova equipa, mas é uma equipa para a qual  nunca se pode fechar os olhos. Sebastian sabe como vencer, ele venceu tantos títulos, e acho que até Kimi (Raikkonen) vai trabalhar melhor sem Fernando. Talvez a equipa funcione melhor. Mas, sem Fernando, eles perdem um piloto fantástico. Ele é muito rápido e sabe marcar pontos no campeonato. Precisamos de esperar e ver se vai ser melhor ou pior", analisou.