Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mercedes prepara proposta milionária

13 de Janeiro, 2015

Direcção da Mercedes já tem plano B caso renovação com o piloto inglês fracasse

Fotografia: AFP

A equipa da Mercedes prepara uma proposta milionária de renovação de contrato para o bicampeão Lewis Hamilton – cujo compromisso com a formação alemã termina no final de 2015, de acordo com o jornal italiano La Gazzetta Dello Sport.

A ideia da equipa é assinar um novo acordo de três anos com o piloto inglês. Ou seja, Hamilton continuava a pilotar os “flechas prateadas” até o final da época de 2018.

A remuneração de Lewis podia ser fixa. Mas um pagamento fixo em 20 milhões de euros por ano. Além da remuneração, o piloto britânico podia ter direito a bónus por cada vitória conseguida  e a um prémio de cinco milhões de euros em caso de conquista de outro título mundial.

Hamilton, 30 anos de idade, já avisou não ter pressa alguma em definir o seu futuro na Fórmula 1 e demonstra tranquilidade com a  situação na Mercedes.
A equipa germânica, por sua vez, através de seu director Toto Wolff, já elaborou um Plano B caso Lewis Hamilton decidir não continuar. A Mercedes pensa na contratação de Fernando Alonso, hoje titular da McLaren, ou então cogita no concurso do jovem Valtteri Bottas – actual piloto da equipa Williams.

NELSINHO PIQUET
SURPRESO
COM PÓDIO NA ARGENTINA


A Fórmula E encerrou a  jornada sul-americana no último sábado, em Buenos Aires, com o segundo pódio consecutivo para  Nelsinho Piquet. O piloto mostrou que o segundo lugar em Punta del Este não veio por acaso e de surpresa (inclusive para ele mesmo), terminou em terceiro lugar na capital argentina, numa corrida cujo cenário  desenhava-se  desfavorável.

Após largar em nono e a prever um stint inicial mais conservador e longo, o carro 99 era o que mais energia tinha na pista no momento do accionamento do safety-car na 16ª das 35 voltas programadas.

Ele deixou os boxes em 14,º  escalou  o pelotão até às voltas finais, inclusive realizou ultrapassagens por fora. “Tivemos falhas na comunicação e saí das boxes a acreditar que estava uma volta atrás dos líderes. Então voltei da parada e no final da prova cheguei até a tomar uma distância dos carros à frente, para tentar cravar a volta mais rápida. E fiquei surpreso quando recebi a bandeirada e a equipa me deu os parabéns pelo terceiro lugar”.