Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Michael Schumacher perde peso em coma

14 de Março, 2014

Michael Schumacher já perdeu 20 quilos durante o período de internamento num hospital francês.

Fotografia: AFP

Schumacher mede 1,74m e, antes do acidente, pesava 75 quilos, o que significava um IMC (Índice de Massa Corporal) de 24,8 dentro do ideal. Actualmente, o IMC do piloto alemão é de 18,2 (abaixo do ideal).

A perda de peso, apesar de considerável, não chega a ser um factor preocupante para o estado clínico. Por ser atleta, Michael Schumacher possuía determinada condição muscular. O estado de coma induz ao catabolismo e o indivíduo perde massa muscular.

Na quarta-feira, a porta-voz do Michael Schumacher disse à emissora SkyNews que o piloto demonstra “pequenos sinais encorajadores” na recuperação, mas o momento exige paciência. O alemão, submetido a duas cirurgias cranianas, ainda está na fase de despertar do coma.

Michael Schumacher está internado num hospital de Grenoble, a Sul da França, desde o final de Dezembro. No dia 29 daquele mês, sofreu uma queda enquanto esquiava nos Alpes e bateu com a cabeça contra uma rocha.

De tão forte o impacto, o capacete partiu-se. O piloto alemão, que completou 45 anos de idade em Janeiro, já foi submetido a duas intervenções cirúrgicas para a redução da pressão intra-craniana.

“SUZIE” É SUCESSORA
DA “HEIDI FAMINTA”

O tetracampeão mundial de F1, Sebastião Vettel, costuma atribuir nomes femininos aos seus monolugares e para o Mundial que começa no próximo domingo já decidiu quem sucede ao “Heidi Faminta”, que utilizou em 2013. A fazer fé nas informações dadas nos testes de pré-época, a “Suzie” vai ter de transpirar muito para não decepcionar o alemão Sebastien Vettel nas primeiras provas do Mundial de Fórmula 1, que começa em Melbourne, na Austrália. Durante os testes, a “Suzie” deu fortes dores de cabeça ao campeão mundial em Jerez de la Frontera e no Bahrein.
O anúncio do nome do novo carro do piloto da Red Bull foi feito no Twitter.