Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares esto em prontido

Pedro Futa - 21 de Dezembro, 2019

Equipa do 1 de Agosto augura erguer o primeiro trofu da competio

Fotografia: Edies Novembro

O 1º de Agosto vai correr com os melhores atletas na primeira edição da São Silvestre de Viana em atletismo que acontece hoje, a partir das 8h00, num percurso de 10 quilómetros com partida na Zona Económica Especial e chegada na Administração municipal local.Simão Manuel, campeão da São Silvestre de Luanda, em 2017, é uma das apostas do clube militar, segundo o director da competição, Santana João.

Além de Simão Manuel, participam também os colegas de equipa, mormente, Severino Vicente, Joana Baptista e Josefina Baptista, todos da província do Cuanza Sul.Em declarações ao Jornal dos Desportos, Santana João garantiu estar criadas as condições para o evento.

\"Temos as condições criadas para a primeira edição da São Silvestre em Viana numa parceria com a Direcção Municipal dos Tempos Livres da Juventude e Desportos e com a Associação Provincial de Atletismo de Luanda (APAL) para o suporte técnico\", disse.

Estão inscritos mais de 600 atletas federados, paralímpicos e populares. Das equipas confirmadas, destaque para o 1º de Agosto, Petro de Luanda, Interclube, Exército, Núcleo dos paralímpicos do Huambo, Bié, Benguela e Luanda.A organização estipulou para os vencedores o valor de 150 mil Kwanzas para o primeiro classificado, 120 mil para o segundo e 100 mil kwanzas para o terceiro classificado em todas as categorias (federada e paralímpica).

O primeiro atleta da categoria popular vai receber 100 mil kwanzas, o segundo, 80 mil e o terceiro 60 mil kwanzas, além de medalhas e certificados de participação.Santana João garantiu a presença do Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola (INEMA), Bombeiro e da Polícia Nacional. A empresa Refriango disponibiliza água para os atletas e membros da equipa técnica. 

OBJECTIVO
Atleta do Rio Seco augura o título

O atleta do 1º de Agosto Simão Manuel pretende conquistar a primeira edição da São Silvestre de Viana, prova que acontece hoje, naquele município. O fundista mostrou-se motivado e disse que objectivo é levar o troféu à galeria do Rio Seco.
\"A moral está alta, uma vez que a preparação correu sem sobressaltos. Farei de tudo para erguer o troféu da primeira edição da São Silvestre de Viana\", prometeu.
Simão Manuel disse ainda que a prova serve de preparação para a São Silvestre de Luanda que acontece no próximo dia 31 de Dezembro.
\"Essa prova vai servir de preparação para a prova do final de ano, a São Silvestre de Luanda. Vou limar algumas arestas e procurar melhorar o meu tempo, já que o percurso é semelhante: 10 quilómetros\", frisou o atleta.     

CORRIDA DE 2019  
Concorrentes usam \"chips\"descartáveis

Os concorrentes da 64ª edição da tradicional corrida pedestre São Silvestre vão utilizar \"chips\" descartáveis, um padrão em voga nas competições semelhantes realizadas no mundo. Ao contrário das edições anteriores, onde foram utilizados os personalizados e distribuídos aos concorrentes a título devolutivo, a medida visa a contenção de gastos. No ano passado, cada chip custou quatro dólares norte-americanos. No ano corrente, custa menos de um dólar.
O presidente da Federação Angolana de Atletismo, Bernardo João, assegurou que o material de controlo da efectividade do atleta ao longo do percurso, bem como do respectivo tempo, vai ser adquirido por um fornecedor em Portugal, segundo a Angop.
Na presente edição, espera-se a participação de três mil concorrentes entre angolanos e estrangeiros. As inscrições iniciadas em Novembro terminam no próximo dia 26. Até quarta-feira última, estavam já inscritos 1300 concorrentes.
Para a São Silvestre de Luanda foram convidados os países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), mais a Etiópia, Portugal e Brasil. Quénia, Uganda, RDC e Namíbia já estão confirmados.
O queniano Mukua Nyudusi conquistou o troféu da edição de 2018 com o tempo de 30min20s. O angolano Alexandre João (Interclube) foi o terceiro classificado com a marca de 35min53s.
Beyanesh Ayele (Etiópia)  subiu ao  pódio com 33min56s, à frente da angolana Adelaide Machado (36min42s). 
A São Silvestre de Luanda deste ano está orçada em 66 milhões de kwanzas.  A  Federação pode ver reduzida a contribuição do Estado angolano. Recentemente, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, sugeriu à direcção de Bernardo João encontrar fontes alternativas.