Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares guardam passagem de nível

09 de Julho, 2015

Passagens de nível, inseridas no percurso da Volta a França

Fotografia: AFP

As passagens de nível, inseridas no percurso da Volta a França, vão ser vigiadas por militares para evitar que os ciclistas passem quando as cancelas estejam fechadas, anunciou o governo francês, na segunda-feira.

"Nas passagens de nível, que se encontrem em território francês, vão ser colocados alguns elementos da Guarda Republicana e membros da organização, para assegurar o cumprimento das regras de segurança nestas zonas", anunciou o Ministério do Interior, em comunicado publicado em conjunto com a organização e com a associação francesa dos caminhos de ferro (SNCF).

A medida surge na sequência do que sucedeu em Abril no Paris -Roubaix, em que alguns corredores não respeitaram uma passagem de nível fechada, segundos antes de passar um comboio de alta velocidade.

A SNCF condenou a manobra "irresponsável" e apresentou uma queixa oficial ao Ministério Público, que está a considerar formalizar a queixa contra os ciclistas que ignoraram o sinal vermelho.

No próximo sábado, a oitava etapa do Tour que faz a ligação entre Rennes e Mûr-de-Bretagne, conta com oito passagens de nível e a organização, disse, que quem não cumprir as normas de segurança vai ser expulso pelos comissários, em conformidade com as regras da União Ciclista Internacional (UCI).