Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares reforçam liderança no Nacional

Rosa Panzo - 19 de Julho, 2017

1º de Agosto confirmou ontem que é um dos fortes candidatos à conquista do título da 39ª edição

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

As equipas da Marinha de Guerra e do Electro Clube do Lobito defrontam-se hoje, a partir das 18h45, no Pavilhão Principal da Cidadela, em partida de cartaz da oitava jornada da 39ª edição do Campeonato Nacional sénior feminino que encerra no dia 22 do mês em curso.

Nesta partida as lobitangas têm que procurar fazer o jogo de equipa, a fim de contrariar os contra ataques das marinheiras que estão dispostas a contrariar as adversarias e manter a terceira posição da classificação geral.

Com oito pontos na tabela classificativa, as marinheiras derrotaram na sexta jornada as senhoras do Progresso do Sambizanga por 11 -9, apesar de ser uma partida com algum equilíbrio por parte das adversarias, no segundo período as marinheiras conseguiram manter a postura de superioridade até ao final da partida.

Na mesma jornada o Progresso do Sambizanga e o Atlético Sport Aviação ( ASA) abrem a ronda do dia, numa partida em que as aviadoras terão tarefa fácil, segundo o historial do campeonato entre as duas formações.

As comandadas do técnico Vivaldo Eduardo recepcionam às 17h00, a formação da CPP do Lobito. As petrolíferas que levam vantagem de oito pontos podem usar da sua experiância e superioridade  e esmagarem as lobitangas.

1º DE AGOSTO
BATE MARINHA

A equipa sénior masculina do 1º de Agosto confirmou ontem que é um dos fortes candidatos à conquista do título da 39ª edição do campeonato nacional sénior masculino de andebol, prova que decorre desde o passado dia 10, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva , ao derrotar a Marinha de Guerra, por 27-20, em partida referente a sétima jornada da aludida competição.

O Clube Central das Forças Armadas Angolanas já vencia ao intervalo, 13-7. Na segunda parte como já era previsível, os militares continuaram a demonstrar a sua superioridade na quadra.

A Marinha de Guerra que luta nesta prova para tentar manter a terceira posição da edição passada, conseguiu em algumas etapas da segunda parte equilibrar o rumo dos acontecimentos. A vitória militar não sofre qualquer contestação, a julgar pela superioridade evidenciada pela formação rubro e negra.

Ainda ontem, para a sétima jornada, o Interclube derrotou o Petro de Luanda, no Pavilhão Principal da Cidadela, por 20-15, quando ao intervalo vencia já, por 13-6.