Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ministro augura sucesso

30 de Novembro, 2014

Ministro augura sucesso

Fotografia: Famoroso Gonga

O ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, solicitou ontem aos atletas angolanos para  dignificarem o país nos VI Jogos da SADC. O governante fez o  pedido durante a cerimónia de despedida às delegações que vão disputar os respectivos jogos, cujo acto aconteceu na manhã de ontem no pavilhão anexo número dois da Cidadela, em Luanda. 

“Espírito de missão significa terem consciência que estão a representar o país, Angola. Significa que esta representatividade deve dignificar o país na competição”, afirmou.

Para o ministro, dignificar o país significa igualmente haver no seio dos atletas um bom  comportamento, disciplina, relacionamento, organização, espírito de equipa,  unidade e camaradagem, afirmou e enfatizou  que se existir esse espírito os propósitos de Angola em melhorar o sexto lugar ocupado na edição de 2012, disputado na Zâmbia, será alcançado.

Para Gonçalves Muandumba, só com disciplina e organização Angola pode ir longe nesses jogos.

“Este ano fizemos um grande esforço para termos  uma boa organização e preparação. Se do ponto de vista administrativo e organização melhoramos, os resultados desportivos (nos jogos) sejam também melhores. O governo criou tudo para que não falte nada”, declarou.

ALBINO À FRENTE
DA DELEGAÇÃO

A caravana aos VI Jogos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), agendado de 5 a 14 de Dezembro, em Bulawayo, Zimbabwé, vai ser chefiada pelo secretário de Estado para os Desportos, Albino da Conceição,  vai integrar 172 elementos, entre atletas, dirigentes, técnicos, técnicos de saúde e jornalistas, segundo uma nota da Direcção Nacional para as Políticas Desportivas, que a Angop teve hoje acesso.

O governante, para além de assistir aos Jogos,  vai participar na reunião de ministros dos desportos da SADC e na cerimónia de entrega do testemunho a Angola para organizar os jogos de 2016, em Benguela.

O secretário para os Desportos viaja para o Zimbabwé na próxima semana, para depois seguir o director nacional para as políticas desportivas, António Gomes.

Parte da caravana angolana, formada pelas selecções de atletismo e atletismo adaptado, boxe, judo encontra-se em Joanesburgo, África do Sul, onde realizaram um estágio pré-competitivo de 15 dias,  enquanto as de basquetebol, futebol, natação e ténis cumpriram  a preparação no país.

A viagem para o local das competições está agendada para terça-feira.  De acordo com a nota, dos 172 elementos, 23 são atletas do sexo feminino, 62 do masculino, três treinadoras, 16 treinadores, oito árbitros, oito chefes de delegações, três seccionistas, dois voluntários, 11 pessoal de apoio, oito jornalistas e cinco técnicos da direcção provincial dos desportos de Benguela, que  vão estar no certame em busca de experiência organizativa com vista os VII Jogos que aquela província vai acolher em 2016.

O chefe de missão de Angola aos Jogos de Bulawayo, António da Luz, encontra-se já no Zimbabwe. A edição deste ano conta  para além do país anfitrião,  com Angola, África do Sul, Botswana, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, Suazilândia e Zâmbia. Nos Jogos de 2012, na Zâmbia, Angola ficou em sexto lugar.