Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ministro cancela encontro com o Comité Executivo

Álvaro Alexandre - 14 de Março, 2015

Ministro Gonçalves Muandumba está consternado pela morte de cidadãos angolanos na província que acolhe o campeonato mundial

Fotografia: Kindala Manuel

O  Ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, cancelou ontem o encontro de trabalho que deveria manter na Administração Municipal do Lobito, com o Comité Executivo do Campeonato Mundial de Pesca Desportiva de Corrico de Alto Mar, no âmbito da constatação das condições reunidas para albergar a  24ª edição previsto para o período de 28 de Março a 4 de Abril, do ano em curso, na província de Benguela.

A tragédia, que assolou a província de Benguela, está na base do cancelamento do encontro. O palco do campeonato mundial foi sacudido por uma enxurrada na última quinta-feira que provocou mortes a 72 pessoas. A cidade situada no sul do país vive momentos de luto e centenas de famílias estão desalojadas pela destruição de mais de 28 residências.

O vice-presidente da Federação Angolana de Pesca Desportiva (FAPD), Hélder Milagre, disse que está aguardar pela remarcação da reunião.
"O Ministro da Juventude e Desportos vai indicar uma nova data para cumprirmos o encontro de avaliação das actividades realizadas, concernente ao mundial de pesca desportiva", assegurou.

SELECÇÃO NACIONAL
REALIZA TREINOS

A pré-selecção nacional realiza hoje, a partir das 11h00, na cidade do Lobito, o segundo treino preparatório com a finalidade de aprumar as estratégias para o Campeonato Mundial de Pesca Desportiva de Corrico de Alto Mar.

O grupo de seleccionados embarca hoje, às 8h00, no aeroporto de Luanda, e a previsão de desembarque aponta para uma hora depois, no município de Catumbela. A delegação hospedar-se na casa trânsito do Banco BAI, onde vai ser o "Estado Maior" da representação angolana.

O seleccionador nacional Fernando Duarte disse que vão realizar os dois últimos treinos no Lobito.

"A pré-selecção nacional vai efectuar os últimos treinos conjunto e o regresso para Luanda está previsto para segunda-feira de manhã. A lista definitiva dos integrantes da selecção nacional vai ser divulgada na próxima terça-feira. Angola vai estar presente na competição com a selecção "A" e "B". Cada equipa vai ser constituída por quatro membros efectivos e um suplente", explicou. O estágio competitivo começa a partir do dia 24 do corrente mês, no Lobito.  "Regressaremos ao Lobito, quatro dias antes da data indicada pela organização para a recepção das delegações estrangeiras. Nesta altura, vamos ter o grupo completo, com a chegada do Rafael Brigham (Team Release), melhor pescador do Campeonato do Mundo por equipas, disputado em Abril transacto, em Quepos, Costa Rica", confirmou.

O primeiro treino colectivo foi realizado no dia 5 do mês em curso. Os pescadores percorreram 20 milhas da ponta da Restinga em cinco horas e capturam 13 veleiros. A equipa combateu com um marlin de aproximadamente 400 kg. Após uma hora de combate, quase a chegar ao barco, o exemplar soltou-se e saiu em fuga", revelou o capitão Rogério Matos.

A pré-selecção nacional está integrado por Carlos Louro (Team Release), João Tavira Lopes (Team Kuxica), Júlio Rocha (Team Kuxica), Kevin Jongschaap (Tudo Fish), Luís Van-Dúnem (Cabinda Gulf  Pescadores), Marco Queiroz (Team Calulo), Nuno Abohbot (Team Náutico), Rafael Brigham (Team Release), e Sérgio Santos (Team Dourado).

O Lobito vai albergar o mundial com as presenças da África do Sul (1), Alemanha (1), Angola (2), Brasil (2), Croácia (1), Espanha (1), México (2) e Suíça (1).