Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Minjud aborda hoje doping

10 de Março, 2015

Director Nacional dos Desportos intervém na conferência de imprensa

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Ministério da Juventude e Desportos promove hoje, a partir da 10h30, na Galeria dos Desportos, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, em Luanda, uma conferência de imprensa, para aflorar a implementação dos testes antidoping.

De acordo com uma nota, proveniente do organismo que tutela o desporto,  chegada à nossa redacção, a conferência de imprensa vai ser animada por intervenções do Director Nacional dos Desportos, António Gomes, que vai estar ladeado por João Mulima, Director do Centro de Medicina Desportiva e de Graciano Kalukango, Director do Gabinete Jurídico do Minjud.

Numa recente abordagem ao tema, em Dezembro, aquando da visita do ministro da Juventude e Desporto, Gonçalves Muandumba, ao Centro de Reabilitação Física para atletas de alto rendimento, instalado no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, o Director Nacional dos Desportos disse que a questão do teste anti-doping é uma preocupação das autoridades angolanas e que numa primeira fase estão a criar uma comissão de anti-doping e a formar técnicos.

“Está a ser criada uma comissão anti-dopagem, que vai ser apresentada em breve. Esta é uma questão preocupante. Por isso, também estamos a formar pessoal. Mas a nossa actividade vai incidir na recolha de amostras para que os testes sejam feitos nos laboratórios da África do Sul e da Tunísia”, disse.

Angola é membro da Agência Mundial de Controlo Anti-doping (Wada) e não dispõe de nenhum laboratório antidoping, porque “implica avultados investimentos e obedece a certos estágios do desporto nos países que os possuem”. Na conferência de imprensa desta manhã, o Ministério da Juventude e Desportos pode apresentar a comissão antidoping e aflorar os objectivos e a estratégia que vai adoptar para o combate ao doping no desporto angolano.

Eduardo Santos conquista nacional

O piloto Eduardo  Santos da formação “Welwítschia Racing” do Namibe venceu domingo naquela cidade a primeira prova do campeonato nacional de Rally na classe-E, carros polares, com o tempo de 2:59:37, competição inserida no programa das festas da edição 2015. João Lote e Ricardo Fernandes, de Luanda, ocupam a segunda e terceira posições, respectivamente.

Na classe TT, o experiente Mário Passos, da Huíla, venceu com o tempo de 3:38:20, seguido dos luandenses João Pedro Malo e Miguel Raposo.
Nas moto-quatro, Tiago Moniz da província anfitriã ocupou o primeiro lugar com 2:45:07 ao passo que Guery Rowland e Franco Routh,  da Namíbia, ocuparam o segundo e terceiro lugares.

Na  mesma classe em feminino, os três primeiros lugares foram conquistados por concorrentes namibianas. Henrique Van-Dúnem de Luanda foi vencedor na categoria de motos de duas rodas com  2:42:33, seguido de Ivan dos Santos do Namibe e Zé Comando de Benguela.

A prova contou com os concorrentes das províncias da Huíla, Benguela, Luanda, Huambo, Namibe e da República da Namíbia, que percorreram 65 quilómetros num circuito fechado que partiu do aeroporto Welwítschia Mirabilis até à praia de Flamingo.