Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Minjud projecta criar a agência antidoping

30 de Março, 2017

Africano de Andebol sénior feminino, sobre a realização da São Silvestre\'2016 e o processo eleitoral de 2017.

Fotografia: Nuno Flash

A apresentação da proposta de criação da Agência Angolana Antidoping vai ser um dos temas dominantes do IV Conselho Superior do Desporto que junta hoje, no Complexo Turístico Futungo II, líderes das federações desportivas nacionais e responsáveis do Ministério da Juventude e Desportos.

Em finais do ano passado, António Gomes, Director Nacional dos Desportos, tinha admitido que a questão dos testes anti-doping é uma preocupação das autoridades e que se estava a criar uma comissão anti-doping e a formar os técnicos.

Meses depois, numa entrevista ao jornal Nova Gazeta, João Mulima, director do Instituto de Medicina Desportiva, revelou que o país perspectiva ter 186 oficiais para a recolha de testes. O responsável revelou que Luanda tem disponíveis 16 destes técnicos, mas que há dois em falta para o número preconizado, enquanto para cada uma das demais províncias se perspectivam 10 oficiais.

Angola é membro da Agência Mundial Antidoping (Wada), mas não dispõe de qualquer laboratório credenciado, por isso recolhe as amostras no país e as envia para os laboratórios da África do Sul ou da Tunísia.

Além da proposta em referência, a reunião do órgão de consulta do titular da pasta ministerial vai proceder à aprovação dos princípios gerais da estratégia de desenvolvimento do desporto; apresentação do relatório de actividades do ciclo olímpico 2012/2016; recolha de subsídios sobre a alteração do período de disputa da Taça José Sayovo, em atletismo; informações sobre o processo de renovação de mandatos nas federações; actualização da legislação desportiva e dos processos de constituição de novas federações desportivas.

Amanhã, no mesmo local, realiza-se o Conselho Consultivo do Ministério da Juventude e Desportos. A agenda tem como linhas fortes a abordagem sobre a Estratégia de Desenvolvimento Desportivo e a sua implementação; informações sobre a realização no país do Campeonato Africano de Andebol sénior feminino, sobre a realização da São Silvestre\'2016 e o processo eleitoral de 2017.