Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mirian e Gabriela disputam Master de Bulawayo

Armindo Pereira - 08 de Junho, 2019

Dupla angolana estagiou na frica do Sul

Fotografia: Alberto Pedro | Edies Novembro

Mirian Tuloca e Gabriela Martins são as atletas de Sub-14 afectas ao Kikuxi Villas Club (KVC) que vão representar Angola no Master de Bulawayo, Zimbabwe, nas categorias individual e por equipas, a decorrer de 9 a 15 do corrente.  

Matias Castro da Silva, presidente da Federação Angolana da modalidade, despediu-se das atletas na tarde de quinta-feira, após o último treino realizado na quadra do KVC. O dirigente desejou boa sorte e augurou uma participação condigna."Viemos encorajar as nossas atletas para que tenham uma boa participação. A par disso, queremos agradecer à direcção do Kikuxi Vilas Club pela amabilidade de nos apoiar na preparação das atletas", enalteceu.

A meta é competir em pé de igualdade com as outras atletas, segundo o presidente da Federação. Isso passa por ganhar pontos e tentar galgar alguns lugares no ranking africano."Não podemos subir muito a fasquia. Há países melhor posicionados. Ocupamos tão somente o quinto lugar na África Austral", disse.

Por seu turno, José Almeida, seleccionador nacional, considerou positiva a preparação, apesar de reconhecer a existência de alguns aspectos técnicos por melhorar. O especialista considerou normal por se tratar de tenistas em fase de formação, aliado ao facto de terem pela frente adversárias em melhor forma desportiva."A III edição do Torneio Infanto-juvenil da AIBA acabou por servir de balão de ensaio para aquilo que são as nossas pretensões. Pensamos que está tudo preparado para a competição. Antes disso, as meninas estiveram em Pretória, África do Sul, onde realizaram um estágio pré-competitivo", esclareceu.

Serviços e jogo de aproximação de rede são algumas das arestas por debelar. O técnico está convicto que até o arranque as atletas vão estar prontas para o desafio que se espera árduo.Na última empreitada internacional, que teve lugar na Namíbia, em Janeiro último, as mesmas atletas passaram à fase seguinte, proeza que esperam repetir no Master, que reúne os melhores tenistas do continente africano.João Sanda, vice-presidente da Federação, chefia a comitiva angolana.