Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mo Farah desiste em Birmingham

08 de Junho, 2015

O atleta britânico Mo Farah anunciou ontem a sua desistência do "meeting" de Birmingham, em Inglaterra, alegando cansaço físico e emocional provocado pelas acusações de prática de doping que recaem sobre o seu treinador, Alberto Salazar.
Farah, que deveria disputar ontem em Birmingham a prova dos 1.500 metros, distância em que detém o recorde da Europa, deu a conhecer a sua desistência em comunicado, pedindo desculpa aos adeptos que compraram bilhete para vê-lo.
"Esta semana foi muito stressante", disse o campeão olímpico e mundial dos 5.000 e 10.000 metros. "Não conseguiu concentrar-me de forma adequada para a corrida de hoje e, depois do que se passou nos últimos dias, sinto-me cansado emocional e fisicamente", acrescentou.
Mo Farah, sobre o qual não recai qualquer denúncia, mostrou-se inquieto e agastado com a hipótese de ver o seu nome afectado pelo caso de Salazar, o técnico norte-americano que já negou as acusações feitas pela investigação da cadeia televisiva britânica BBC.
"Quero correr bem nos Campeonatos do Mundo em Pequim (22 a 30 de Agosto) e decidiu que é melhor para mim voltar aos Estados Unidos, para procurar respostas para as minhas perguntar e voltar aos treino. Peço desculpa às pessoas que compraram bilhete para ver-me correr e peço a sua compreensão", acrescentou.
O comunicado surge um dia depois de Mo Farah ter afirmado que iria continuar a trabalhar com Alberto Salazar, por não vislumbrar qualquer prova clara das práticas de que é acusado o técnico, embora sublinhando que queria perceber o que se passa.